• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Polêmica Wagner Moura nega ter xingado Sergio Moro e convite para série na Netflix Assessoria do ator disse ser mentirosa postagem do humorista Rafinha Bastos, no Twitter, onde Moura teria dito que não interpretava "mau-caráter"

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 20/10/2016 16:08 Atualizado em: 20/10/2016 16:14

Assessoria de Moura, na pele de Pablo Escobar, em Narcos, negou convite ao ator para série produzida por José Padilha, sobre a Operação Lava jato. Foto: Reprodução/Facebook
Assessoria de Moura, na pele de Pablo Escobar, em Narcos, negou convite ao ator para série produzida por José Padilha, sobre a Operação Lava jato. Foto: Reprodução/Facebook


O ator baiano Wagner Moura, 40, que interpretou o traficante e chefe do Cartel de Medellín Pablo Escobar nas duas primeiras temporadas da série Narcos, produzida pela Netflix, negou, nesta quinta-feira (20), que tenha xingado o juiz federal Sergio Moro, responsável pela condução da Operação Lava Jato, publicada pelo humorista Rafinha Bastos, no Twitter. 

Saiba mais...
Ex-amante de Pablo Escobar critica atuação de Wagner Moura em Narcos: 'Desastre' Wagner Moura recusa convite para viver Sérgio Moro em série sobre a Lava-Jato Netflix brinca com 'spoiler' de Wagner Moura sobre a segunda temporada de Narcos Netflix produzirá série sobre a Lava-Jato com direção de José Padilha Diretor de Tropa de Elite, José Padilha se diz a favor de impeachment e fará série sobre a Lava-Jato Wagner Moura critica reforma previdenciária de Temer em animação didática. Assista Wagner Moura e Lirinha repudiam invasão de escola feita pela polícia Netflix divulga trailer angustiante de 3%, primeira série brasileira da plataforma A Terra Prometida: Durgal mata Rafi. Confira o resumo desta quarta-feira A Lei do Amor: Helô questiona Tiago sobre seu envolvimento com Isabela. Confira o resumo desta quarta-feira Sol Nascente: Felipe reclama da proximidade entre Lenita e Milena. Confira o resumo desta segunda-feira Série da Netflix e da Marvel, Luke Cage faz forte crítica ao racismo Malhação: Joana demonstra apreensão ao falar com Tânia. Confira o resumo desta segunda-feira Haja Coração: Camila tem novos e reveladores flashes. Confira o resumo da semana A Lei do Amor: Pedro descobre que pode ser preso. Confira o resumo da semana Sol Nascente: Sinhá decide se hospedar na casa de Tanaka. Confira o resumo da semana 20 séries na Netflix para fazer maratona em um fim de semana Série da Netflix Black Mirror projeta um mundo distorcido pela tecnologia Haja Coração: Tancinha constata que Guido é seu pai. Confira o resumo desta sexta-feira Avião com equipe de reality show cai por causa do mau tempo Rainer Cadete viverá promotor Dallagnol em filme sobre a Lava Jato
Na última segunda-feira (17), Bastos publicou em sua conta do Twitter uma piada fazendo menção a uma suposta declaração feita pelo ator. Na postagem, o humorista escreveu: "Wagner Moura recusa interpretar Moro em série. 'Não interpreto mau-caráter', disse o ator que concorre ao Emmy pelo papel de Pablo Escobar". Até o momento, a postagem teve 545 comentários, 4,3 mil retuítes e 7,1 mil curtidas. Moura foi indicado ao Globo de Ouro pelo papel de Escobar, mas o vencedor foi Jon Hamm, protagonista de Mad men.

Procurada pela reportagem do Viver, a assessoria de comunicação do ator afirmou que ele não deu nenhuma declaração sobre o juiz federal e que a postagem do humorista é inverídica. Além disso, esclareceu que Moura não recebeu convite ou foi sondado para participar da futura série que o diretor José Padilha está preparando para o próximo ano sobre a Operação Lava Jato, como foi publicado pelo jornal O Globo. A produção foi anunciada pela Netflix em abril deste ano.

A assessoria de Wagner Moura disse, ainda, que o ator também não pretende se posicionar através de nota oficial sobre a postagem de Rafinha Bastos e que o próprio diretor, com quem Moura trabalhou em Tropa de Elite e Narcos, já havia negado o convite para um possível papel no elenco, cujo roteiro pretende retratar as investigações.



Acompanhe o Viver no Facebook:




Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.