• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
#OcupeCineOlinda Manifestantes invadem e ocupam Cine Olinda Ato acontecia na lateral do cinema, mas manifestantes decidiram arrancar os tapumes e ocupar o espaço

Publicado em: 30/09/2016 22:16 Atualizado em: 01/10/2016 00:01

Cine Olinda foi ocupado na noite de sexta-feira. Foto: Roberto Ramos/DP
Cine Olinda foi ocupado na noite de sexta-feira. Foto: Roberto Ramos/DP
A quinta edição do #OcupeCineOlinda, na Praça do Carmo, em Olinda, ocupou o espaço literalmente. O movimento pede a reabertura do cinema, que foi fechado há mais de 35 anos, acontecia normalmente com a exibição de filmes projetadas na lateral do prédio, mas, por volta das 20h30, cerca de cem pessoas resolveram ver a projeções da sala do cinema. Eles arrancaram os tapumes e invadiram o espaço. Apesar da movimentação, a Guarda Municipal já estava no local e não houve registro de confusão. O movimento adiantou que após a exibição do último filme deixará o local pacificamente.

"Eu nunca tinha visto nada disso por aqui. Eles já fizeram o movimento antes, mas pacificamente. Tem muita criança e jovem. Não houve brigas. Quando acabar, disseram que vão deixar a Guarda tomar conta novamente", explicou o vigia Thiago Rodrigues, de 33 anos.

Com feira de arte e cerveja artesanal, o evento tem como objetivo discutir propostas concretas para a recuperação do estabelecimento. Um dos objetivos é a criação de um comitê gestor compartilhado para viabilizar sessões continuadas e acompanhamento da reforma.

Confira a programação completa

17h30: Feira de arte + Sessão de curtas infantis
18h30: Sessão de Curtas
Blábláblá, de Andrea Tonacci
Entre andares, de Aline Van Der Linden e Marina Moura Maciel
19h: Videomapping com Gabriel Furtado (Media Sana)
19h30: Debate com gestores públicos - Kleber Mendonça Filho, Márcia Souto (Fundarpe), Carla Francine e Isabela Cribari
21h: Martírio, de Vincent Carelli, em colaboração com Ernesto de Carvalho e Tita

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.