• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Música Filme sobre o disco Paêbiru, de Zé Ramalho e Lula Côrtes, já pode ser visto no YouTube Documentário resgata histórias do lendário álbum lançado pela gravadora pernambucana Rozemblit

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 29/09/2016 19:54 Atualizado em:

Capa do LP duplo foi desenvolvida pela artista, designer e cineasta Kátia Mesel
Capa do LP duplo foi desenvolvida pela artista, designer e cineasta Kátia Mesel
 
Lançado em 1975 pela gravadora pernambucana Rozenblit, o disco Paêbiru, dos cantores Zé Ramalho e Lula Côrtes (1949-2011), tornou-se um clássico da música brasileira e virou raridade entre colecionadores (um vinil original da época chega a custar R$ 11 mil). O filme Nas paredes da pedra encantada, dirigido pelo cineasta gaúcho Cristiano Bastos, resgata histórias sobre a gravação do álbum por meio de entrevistas com artistas envolvidos direta e indiretamente no projeto.

O documentário ficou pronto em 2011, quando circulou por festivais de cinema, e depois foi lançado em DVD pelo selo goiano Monstro Discos, que este mês resolveu liberar o documentário na internet por meio do YouTube. Com longos depoimentos exibidos praticamente sem cortes, o longa-metragem, de 1h57 de duração, revela significados contidos nas músicas e bastidores das gravações.

Em uma cena, Lula Côrtes, que ainda estava vivo na época das filmagens, volta à Pedra do Ingá, que inspirou o disco, e relembra momentos vividos no local, onde há pinturas rupestres. Lailson, Alceu Valença e Kátia Mesel, que desenhou a capa do álbum, também cedem depoimentos. Zé Ramalho, que nunca fala sobre o assunto em entrevistas, preferiu não participar do filme.

Veja o filme:



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.