• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Televisão Série brasileira do History Channel mostra trajetória de notáveis do paiís entre os séculos 19 e 20 Com quatro episódios, produção será exibida às 21h45

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 04/06/2016 11:00 Atualizado em:

Série conta a história de Matarazzo, Percival, Martinelli e Guinle. Foto: History Channel
Série conta a história de Matarazzo, Percival, Martinelli e Guinle. Foto: History Channel
Primeira produção original brasileira do History Channel, a minissérie Gigantes do Brasil estreia neste sábado, às 21h45, para contar a trajetória de quatro empreendedores que trabalharam para mudar o país: Francesco Matarazzo, Percival Farquhar, Giuseppe Martinelli e Guilherme Guinle. Cada episódio concentra-se na história de cada um.

Desenvolvida pela Boutique Filmes, a trama se passa no fim do século 19 e metade do século 20. Com quatro capítulos, retoma a transformação de um Brasil rural em uma nação industrializada. Na série, o agricultor italiano Matarazzo desembarca no país, quando conhece Percival, Martinelli e Guinle. Uma das histórias narradas não consta em biografias, como a briga entre Martinelli e o filho de Matarazzo.

A equipe da produção se concentrou em uma pesquisa histórica para a elaboração do roteiro, com acervo de jornais italianos e livros, e composição do cenário e caracterização dos personagens. Também houve entrevistas com familiares dos homens de negócios. Gigantes do Brasil relembra o surgimento das primeiras indústrias e as estradas de ferro, a navegação e a urbanização das cidades e a exploração do petróleo.

O formato mistura linguagem narrativa biográfica com depoimentos de historiadores e empresários da indústria nacional, a exemplo de Luiza Trajano (Magazine Luiza). Apesar de curta, o History não economizou no investimento da série: foram 228 horas de gravação, em mais de 50 locações, com 99 atores e 422 figurantes. No elenco, Tadeu Di Pietro (Matarazzo), Renan Paini (Matarazzo jovem), Alexandre Barros (Farquhar), Fernando Nitsch (Martinelli) e Ricardo Monastero (Guinle).

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.