• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Arte Mais de 120 desenhistas participam do Salão Internacional de Humor Gráfico de Pernambuco Neste ano, o tema principal do evento será Direitos Humanos

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 30/03/2016 11:25 Atualizado em: 30/03/2016 14:08

Abertura contará com mostra de obras de jurados como Angel Boligán Corbo. Foto: Divulgação
Abertura contará com mostra de obras de jurados como Angel Boligán Corbo. Foto: Divulgação

Desenhistas, ilustradores e profissionais do humor gráfico participam, a partir deste domingo (3), da segunda edição do Salão Internacional de Humor Gráfico de Pernambuco, que vai até o dia 1º de maio, na Torre Malakoff (Recife Antigo). Ao todo, mais de 600 artistas se inscreveram - dos quais 120 foram selecionados para concorrer nas categorias Cartum e Caricatura.

Neste ano, o tema principal do evento será Direitos Humanos, que também são a base para os desenhos que concorrem como Cartum. Para as caricaturas, o tema é Os Pensadores.

Na abertura do evento, que ocorre domingo, haverá mostra das ilustrações que concorrem aos prêmios de R$ 16 mil. Além de exposição de obras dos jurados convidados, Angel Boligán Corbo (México), Marilena Nardi (Itália), Cau Gomez (Brasil), Carlos Amorim (Brasil) e DUKE - Eduardo Evangelista (Brasil).

Idealizado pelo desenhista e cartunista do Diario Samuca Andrade, o evento foi realizado pela primeira vez em 2012. Na ocasião, ocorreu na Galeria Janete Costa, no Parque Dona Lindu. Na época foram escolhidos 502 cartunistas de 63 países, entre mais de 800 inscritos. A entrada é gratuita.

Charge de Carlos Amorim, jurado convidado do evento. Foto: Site Oficial/Reprodução
Charge de Carlos Amorim, jurado convidado do evento. Foto: Site Oficial/Reprodução


Desenho de Marilena Nardi, uma das juradas do evento. Foto: Divulgação
Desenho de Marilena Nardi, uma das juradas do evento. Foto: Divulgação


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.