• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Música Rock nacional homenageado em show gratuito de Nando Reis, Pitty, Herbert Vianna e Paula Toller Turnê Viva! passará pelo Recife, com repertório que inclui Chico Science, Raul Seixas, Novos Baianos

Por: Marina Simões - Diario de Pernambuco

Publicado em: 23/02/2016 11:15 Atualizado em: 16/03/2016 13:43

Paula Toller, João Barone (Paralamas) e Nando Reis durante coletiva de imprensa. Foto: Twitter/Reprodução
Paula Toller, João Barone (Paralamas) e Nando Reis durante coletiva de imprensa. Foto: Twitter/Reprodução

São Paulo - O rock nacional será homenageado na edição deste ano do projeto Nivea Viva!, que anualmente reúne artistas nacionais para turnê ao redor do país. Para este ano, um gênero será homenageado, em vez de um artista específico. O anúncio foi feito em coletiva de imprensa nesta terça-feira (23). Os artistas Nando Reis, Herbert Vianna e os Paralamas do Sucesso, Paula Toller e Pitty ficam responsáveis pelo tributo. O show no Recife está confirmado para 30 de abril. Ainda em local a ser confirmado.

Leia mais: De Praieira (Chico Science) a Anna Julia (Los Hermanos), turnê Viva Rock Brasil viaja por novos e antigos hits


Herbert Vianna e Pitty prometem repertório de clássicos na turnê. Foto: Twitter/Reprodução
Herbert Vianna e Pitty prometem repertório de clássicos na turnê. Foto: Twitter/Reprodução
O repertório da turnê passeia pelas seis décadas do rock and roll nacional, passando por ícones como Raul Seixas, Mutantes e inclui movimentos como a Jovem Guarda e o Tropicalismo, e a geração pós-anos 1980, com Titãs, Paralamas, Barão Vermelho e outros. A tour também tem datas confirmadas em Porto Alegre (3/04), Rio de Janeiro (10/04), Fortaleza (15/04), Salvador (22/05), Brasília (5/06) e São Paulo (26/06).

"Do repertório mais atual vai estar representado Chico Science, Raimundos, Charlie Brown Jr e Los Hermanos", antecipa Pitty. "Passei a vida ouvindo a música deles (Paralamas, Titãs e Kid Abelha) no rádio e agora vou cantar com eles. Veja como é legal o mundo", declara a baiana.

A proposta é fazer uma antologia do rock. "Será uma viagem no tempo. O público vai acompanhar o surgimento desse género, quando se incorpora a guitarra à música brasileira. Cada canção remete exatamente a uma época. Teremos a Jovem Guarda, o Tropicalismo, os Mutantes, Novos Baianos, Raul Seixas e Rita Lee", explica a diretora artística do projeto Monique Gardenberg. "A gente tem pensado em chamar alguém da Nação Zumbi para fazer uma homenagem ao Chico Science e ao Manguebeat. Ele não poderia ficar de fora. Além de ser importante para a história, era um renovação do rock", deixa escapar. 

A direção musical do show é assinada por Liminha. A banda será composta por nomes como João Barone (bateria), Dado Villa-Lobos, da Legião Urbana, Maurício Barros, do Barão Vermelho, e Rodrigo Suricato. A dificuldade vai ser enxugar o repertório para 2h15 de show. 


Retrô

O projeto Nivea Viva! surgiu em 2012, quando a cantora Maria Rita foi escolhida para interpretar canções da mãe Elis Regina. No show Viva Elis, Maria Rita viajou por quatro cidades brasileiras entoando canções como Como nossos pais, Águas de março e Imagem. No ano seguinte, Vanessa da Mata revisitou o repertório de Tom Jobim, na turnê Viva Tom, em 2013. Ela interpretou canções como Chega de saudade, Lamento do morro, Eu sei que vou te amar e Falando de amor.

O quarteto Alcione, Diogo Nogueira, Martinho da Vila e Roberta Sá, comandou o Viva o Samba, em 2014, em tributo ao ritmo brasileiro. No setlist, os artistas interpretaram clássicos como A voz do morro (Zé Keti), Com que roupa? (Noel Rosa), O mundo é um moinho (Cartola), Foi um rio que passou mm minha vida (Paulinho da Viola).

Em 2015, o homenageado foi o cantor Tim Maia. Ivete Sangalo e Criolo foram escalados para prestar tributo ao artista apelidado de "síndico do Brasil" e comandar a turnê Viva Tim Maia. No repertório estavam canções como Não quero dinheiro, Azul da cor do mar e Gostava tanto de você. A direção artística das últimas quatro edições foi de Monique Gardenberg.

Nas quatro edições mais de 1,9 milhões de pessoas assistiram aos shows que passaram por sete cidades brasileiras. O Nivea Viva! nasceu com o objetivo de durar cinco anos e finaliza essa série com a turnê em homenagem ao rock.


*A jornalista viajou a convite da Nivea

Assista:




Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.