• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Arte Mulheres e desordem: evento reúne oficinas de arte e debate autonomia da mulher Quadros da pintora pernambucana Nathália Queiroz entram em cartaz neste sábado e integram programação artística em homenagem às mulheres

Por: Larissa Lins - Diario de Pernambuco

Publicado em: 16/05/2015 10:10 Atualizado em: 15/05/2015 19:27

O que Rita Lee, Frida, Nina Simone, a escritora Pagu e a bailarina Luz Del Fuego têm em comum? Na exposição Mulheres e desordem, da pintora pernambucana Nathália Queiroz, essas cinco personalidades representam o empoderamento feminino. Todas foram retratadas por Nathália em cinco gravuras inéditas e entram em cartaz hoje, às 16h, na Risoflora 147, no Centro do Recife, onde permanecem até o sábado que vem.

Evento será realizado no Risoflora 147, no Cabanga. Foto: Risoflora/Facebook/Reprodução
Evento será realizado no Risoflora 147, no Cabanga. Foto: Risoflora/Facebook/Reprodução


Além da exposição, a programação do evento homônimo inclui oficinas, intervenções artísticas, discotecagem, sessões de tatuagem, ensaios fotográficos, debates e pocket shows. “Teremos também cortes de cabelo feitos por mim”, conta Isabelle Souza, uma das sócias da Risoflora 147. “Fomos agregando mulheres autônomas da região ao cronograma, queremos abrir espaço à discussão sobre o papel feminino”, explica. Segundo ela, as paredes do local serão decoradas ao vivo, com pinturas das artistas plásticas Priscilla Lins e Ianah Maia. Enquanto isso, a fotógrafa Klayne Vieira promove ensaios fotográficos dos visitantes com a temática street style.

No mesmo ambiente, haverá showroom com móveis retrô e objetos decorativos da marca pernambucana Seu Mundico, de Débora Teodorico e Rodrigo Pessoa, responsáveis por sugerir a Nathália Queiroz a temática dos quadros. “Entre essas cinco mulheres, pelo menos duas são pouco conhecidas. Precisamos falar sobre todas, pois contribuíram para o empoderamento das mulheres autônomas em diferentes áreas de atuação”, conta Débora. Para ela, a “desordem” no título da exposição representa exatamente isso: o não conformismo, a criatividade e a luta feminina. A entrada é gratuita durante todos os dias do evento, com exceção das oficinas, ao longo da semana, e da festa de encerramento, no dia 23.

Frida é uma das personalidades retratadas por Nathália Queiroz. Foto: Nathália Queiroz/Divulgação
Frida é uma das personalidades retratadas por Nathália Queiroz. Foto: Nathália Queiroz/Divulgação
OFICINAS

Enquanto a artista plástica Eva Duarte comanda o projeto Flores Para Frida, ensinando a fazer origamis (terça-feira), Nathalia Queiroz, ministra oficina de desenho em Traço e Identidade (quarta-feira). Amanda Galáxia e Elayne Bione conduzem aula de canto em Vozes Latinoamericanas (quinta-feira) e, por fim, Liana Gesteira desmistifica os limites físicos em Corpo Autônomo: Manifeste-se (sexta-feira). As oficinas custam R$ 50 cada. Interessados em participar de todas elas pagam R$ 170. Informações: 3422-2577

SERVIÇO
Exposição Mulheres e Desordem

Quando: De 16 a 23 de maio
Onde: Av. Saturnino de Brito, 147, Cabanga| 81 3422.2577
Abertura: Sábado (16) – Pocket Show de Uana Mahin e Dj Lezo
Visitação: Das 9h às 12h e das 13h às 16h, exceto no domingo e na segunda-feira (18)
Entrada Gratuita
Informações: 3422-2577


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.