• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
NOVELA Autores analisam a trama Cheias de Charme, que chega ao fim hoje

Por: CorreioWeb

Publicado em: 28/09/2012 15:01 Atualizado em: 28/09/2012 15:54

Novela colocou empregadas como protagonistas. Crédito: TV Globo/Divulgação
Novela colocou empregadas como protagonistas. Crédito: TV Globo/Divulgação
Nesta sexta, a Globo exibe o último capítulo de Cheias de Charme, novela de Filipe Miguez e Izabel de Oliveira. Para o autor, a trama cumpriu sua missão. "Foi a minha estreia e a da Izabel como autores titulares e todas as nossas propostas abordadas na história foram bem aceitas", comemora.

O folhetim mostrou a ascensão de três domésticas a cantoras de sucesso e falou da relação de trabalho entre patroas e empregadas, mas sem perder o humor. "Costumo dizer que colocamos o dedo na ferida e fizemos cosquinha", brinca. A direção, os produtores e os técnicos também ganharam elogios do autor. Além deles, o elenco formado por Taís Araújo, Cláudia Abreu, Ricardo Tozzi, Marcos Palmeira, Leandra Leal e Isabelle Drummond, entre outros, foram muito enaltecidos. "Todos se entregaram completamente para seus personagens. Brinco com o Tozzi dizendo que ele é o Inácio e que o Fabian é o Fabian. Quando o encontro caracterizado de Fabian, digo que não estou certo se falo com o Tozzi", dispara, com humor.

Além da dupla de autores, quem também estreou com pé-direito foi a atriz Titina Medeiros, que vive a divertida Socorro, conhecida como S.O.S, ou "personal" colega de Chayene, vivida por Cláudia Abreu. "Ela arrebentou. É a quarta Maria", exalta, referindo-se ao trio de protagonistas, as Marias, e a personagem de Titina, também Maria do Socorro.

Miguez conta que a apreensão por estrear no horário das sete foi substituída por uma maior tranquilidade quando a estreia da trama, que aconteceu no dia 16 de abril, registrou uma boa audiência – 35 pontos de média, com 59% de participação. "Depois disso, teve a repercussão da primeira grande virada com o clipe Vida de Empreguete e deu um gás novo", lembra.

A relação da música com a internet foi um dos triunfos administrados pelos autores. "A gente dependia do sucesso do clipe e da música", revela. Até o fechamento desta edição, os vídeos Vida de Empreguete e Nosso Brilho, o segundo clipe do trio Empreguetes, totalizavam mais de 14.500.000 visualições.

Por enquanto, sem previsão de quando estreará uma nova produção, Miguez quer curtir cada segundo de Cheias de Charme. "Tenho o projeto de uma série sobre gordinhos, aprovada antes mesmo de começar a novela. Mas também devo escrever um novo folhetim. Provavelmente para a faixa das sete horas", adianta.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.