Educação Caderno de Cultura do Recife será lançado em aula inaugural do projeto Travessia

Publicado em: 11/03/2019 18:24 Atualizado em: 11/03/2019 18:26

Crédito: Wesley D'Almeida/PCR
Crédito: Wesley D'Almeida/PCR

Estudantes, professores e gestores das escolas municipais do Recife participarão, nesta terça-feira (12), da aula inaugural do projeto Travessia Recife. O encontro será realizado no auditório do Banco Central, na Rua da Aurora, às 14h. A atividade pedagógica integra as ações do Travessia Recife (Telecurso) com o objetivo de reduzir a distorção idade-ano. O evento terá uma apresentação do maestro Spok e da banda Paulo Freire.

Para o Secretário de Educação Bernardo D’Almeida, o evento tem uma representação social de extrema importância para os estudantes inseridos no projeto. “O Travessia é uma oportunidade para que esses alunos, que tiveram alguns problemas pelo caminho, possam concluir essa fase do ciclo escolar, além de oferece qualificação profissional, reinserindo-os na sociedade e no mercado de trabalho”, destacou. 

No Travessia Recife, os estudantes, além de frequentarem as aulas do ensino fundamental, cursam simultaneamente uma qualificação profissional na área de Administração – Auxiliar de Pessoal. Cerca de 1.800 estudantes já concluíram o Ensino Fundamental, e hoje 1.500 alunos do projeto estão avançando em sua escolaridade em escolas públicas do Recife.

No evento estarão presentes o secretário Municipal de Educação, Bernardo D’Almeida, o diretor-executivo de Gestão Pedagógica, Rogério Morais, a gerente de Educação Integral e Anos Finais, Ana Márcia, e a gerente-geral de Educação da Fundação Roberto Marinho, Vilma Guimarães.

Caderno de Cultura do Recife
Na ocasião, será lançado o Caderno de Cultura do Recife, que reúne as histórias, as tradições, os saberes e fazeres da capital pernambucana. A publicação é um ponto de partida para que os professores, estudantes e suas famílias aprofundem seus conhecimentos sobre a cidade e se inspirem a criar muitos outros Cadernos de Cultura.

Saiba mais sobre o Telecurso (Travessia Recife): É uma tecnologia educacional, reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), e adotada como política pública para correção idade-ano nos ensinos Fundamental e Médio; Educação de Jovens e Adultos (EJA); projeto complementar de Língua Portuguesa e Matemática em todas as idades e como alternativa ao ensino regular para população escolar dispersa geograficamente.

A metodologia do Telecurso é implementada em salas de aula em todo o Brasil, em parceria com Secretarias de Educação e outras instituições. O professor da rede participa de formação continuada com as equipes da Fundação Roberto Marinho.

Durante as aulas, são adotados livros do Telecurso, as teleaulas e materiais didáticos especialmente desenvolvidos para cada sistema educacional. Desde 1995, mais de 70 mil professores foram formados e 1,6 milhão de estudantes concluíram o ensino Fundamental e Médio pelo Telecurso. No Recife, o Telecurso recebe o nome de Travessia Recife.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.