Folia Sem Timbalada, Camburão ditou a alegria em Olinda Bloco, com seis trios elétricos, arrastou uma multidão no Bairro Novo pelo terceiro ano consecutivo

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 11/03/2019 11:27 Atualizado em: 11/03/2019 11:34

Foto: Paula Costa/Divulgação.
Foto: Paula Costa/Divulgação.
O Camburão da Alegria, bloco criado para animar os policiais que trabalham no carnaval, cumpriu a promessa de arrastar uma multidão ontem no Bairro Novo, em Olinda. Milhares de pessoas participaram do desfile, cuja concentração começou ao meio-dia e terminou no começo da noite do domingo. Na festa, do frevo ao passinho. Os ritmos foram puxados por seis trios elétricos. Entre as atrações, a Banda Luará, as cantoras Márcia Samppaio e Eduarda Alves, o Trio do Brega, MC Black e Marquinhos Balada. Márcia Samppaio substituiu a Timbalada, grupo que chegou a ser anunciado, mas teve a participação cancelada.

A Timbalada não veio. Frustou alguns foliões, contudo não mexeu na animação de quem participou do desfile. Eles capricham nos passos e nas fantasias. O garçom José Felipe fez questão de ir a caráter, com direito a terno e calça comprida. “Pra mim não tem carnaval sem camburão. Venho desde o começo. A minha fantasia é uma forma de homenagem também ao rei do Brega, Reginaldo Rossi”, disse.

Quem também chamou a atenção foi o auxiliar de serviços gerais Jorge Batista. Apesar de fantasiado de Power Ranger, coberto de preto da cabeça aos pés, ele garantiu que a roupa não era desconfortável. Até a cueca, brincou, tinha proteção ultravioleta. Esta foi a terceira vez que ele compareceu ao Camburão. O desfile deste ano, o 27º do Camburão da Alegria, foi o terceiro em Olinda. Os anteriores foram em Boa Viagem e na Avenia Sul.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.