Celebração Programação especial para comemorar o aniversário de 482 anos do Recife

Publicado em: 08/03/2019 17:32 Atualizado em:

Espetáculo do boi voador será encenado novamente este ano. Foto: Paulo Paiva/DP.
Espetáculo do boi voador será encenado novamente este ano. Foto: Paulo Paiva/DP.
O aniversário do Recife, celebrado nesta terça-feira (12), ganhou uma intensa programação de comemoração. Neste sábado (9), o Bairro do Recife recebe o evento Capital do Brega, que convida recifenses e turistas a curtir o ritmo. A festa continua na terça, a partir das 8h, no Compaz Governador Eduardo Campos, que comemora três anos no Alto Santa Terezinha. Além disso, ao longo da semana, haverá atividades esportivas e passeios temáticos. As celebrações terminam no domingo (17), com o espetáculo que foi sucesso no ano passado: O boi voador.

Neste sábado, festival de brega será aberto ao público e contará com 17 grandes nomes do gênero. Labaredas, Kelvis Duran, Banda Torpedo, Michelle Melo, Joelma, O Conde Só Brega e outros artistas se apresentam na Avenida Cais do Apolo, às margens do Rio Capibaribe. A festa começa com a reunião de todos os artistas envolvidos, a partir das 18h.

Na terça-feira (12), a partir das 8h, o Compaz do Alto Santa Terezinha celebra o aniversário da cidade com orquestra de frevo, apresentações de artistas circenses e corte de bolo, que terá 400 kg e será distribuído ao público em 3,5 mil fatias individuais. O centro comunitário completa três anos de funcionamento no dia do aniversário da cidade.

Na quarta-feira (13), o Olha! Recife a pé vai explorar locais e temas relacionados a diversas épocas da história da cidade, incluindo o Brasil Holandês. No roteiro, estão a Rua do Bom Jesus, Sinagoga Kahal Zur Israel, Praça da República e Convento Franciscano. Já o CurioCidades comemorativo acontece no sábado (16), às 18h. O trajeto a pé será pelo Bairro do Recife e contará com a participação da eletrobike do DJ Mozão. O roteiro conta histórias e lendas do Recife, entre elas a do Boi Voador, com projeções nas paredes e trilhas sonoras, reproduzindo cenários do passado nos muros e nas edificações atuais.

Já na quinta-feira (14), no Compaz Escritor Ariano Suassuna, no Cordeiro, o público recifense terá a oportunidade de participar de aulões esportivos com atletas que se destacaram em Olimpíadas, das 8h às 12h. O centro receberá clínicas olímpicas com Yane Marques, Joanna Maranhão, Cisiane Dutra e Adrianinha, cada uma em sua especialidade. Yane trabalhará o pentatlo moderno, Cisiane abordará o atletismo. O basquete ficará a cargo de Adrianinha e a natação com Joanna Maranhão.

As atividades são abertas às escolas municipais, estaduais e privadas e também ao público em geral de todas as idades, inclusive pessoas com deficiência. Para participar, basta comparecer ao Compaz, que fica na esquina das avenidas San Martin e Abdias de Carvalho.

O último dia de programação será no domingo (17), com o Recife Antigo, que recebe a peça O boi voador. O espetáculo envolve o público na dramatização da época em que Nassau fez "um boi voar". Ao entrar no bairro, os visitantes poderão passear pela história do Brasil Holandês. Vários atores estarão espalhados pelas ruas usando figurino de época, interagindo com os pedestres e os convidando para a festa. Às 18h, iniciarão as cenas da peça, realizadas em espaços do bairro. Os atores apresentarão momentos do Brasil Holandês na sacada de edifícios como o prédio do antigo Centro Cultural Santander, Rio Branco, sacada da Caixa Cultural e Marco Zero.

Uma réplica da antiga Ponte do Recife será montada na entrada da Rio Branco. Com duração aproximada de uma hora, o ápice da apresentação será o momento do voo do boi, que sairá da Associação Comercial para uma torre armada no Marco Zero, com queima de fogos e trilha sonora. Serão 18 cenas ao total. Ainda no domingo, às 16h, haverá a inauguração de um parklet no Espaço R.U.A., que fica na Avenida Barbosa Lima. Serão 16 módulos formados em blocos e dois bicicletários. 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.