Investigação Chega a 190 o número de ocorrências de agulhadas durante o carnaval Todos os pacientes receberam prevenção da infecção pelo HIV

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 08/03/2019 11:54 Atualizado em: 08/03/2019 15:21

Foto: Tarciso Augusto/Esp.DP.
Foto: Tarciso Augusto/Esp.DP.
Até a manhã desta sexta-feira (8), foram notificadas 190 ocorrências de pessoas que alegam terem sido furadas por seringas durante o período de carnaval, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES). Todos os pacientes foram atendidos no Hospital Correia Picanço, que é referência estadual em doenças infecto-contagiosas. Após passarem por triagem, 140 tiveram indicação para fazer o tratamento padrão utilizado nos casos de acidentes com materiais biológicos que é a profilaxia pós-exposição (PeP), usada na prevenção da infecção pelo HIV. Todos os pacientes foram liberados após avaliação médica, orientados para fazer uso da medicação profilática diariamente e para retornar ao serviço após 30 dias, tempo para conclusão do tratamento.

"O Hospital Correia Picanço informa, ainda, que a unidade ampliou sua capacidade no laboratório, para agilizar a liberação dos exames. Além disso, a SES encaminhou mais testes rápidos para o serviço, que também está abastecido da medicação profilática", afirmou a SES. A unidade de saúde vem orientando os pacientes para registrarem os respectivos boletins de ocorrência junto aos órgãos policiais para colaborar com as investigações. 

Na manhã de hoje, a Polícia Civil divulgou um retrato falado de um suposto envolvido com picadas de agulhas durante o carnaval. Até o momento apenas cinco pessoas haviam formalizado a denúncia em Boletim de Ocorrência. 

Leia mais:



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.