Balanço Cerca de 450 mil foliões brincaram o carnaval de Paulista

Publicado em: 07/03/2019 20:34 Atualizado em: 07/03/2019 20:53

Foto: Prefeitura de Paulista/Divulgação.
Foto: Prefeitura de Paulista/Divulgação.
O carnaval de Paulista, Região Metropolitana do Recife, reuniu cerca de 450 mil pessoas. Nenhuma ocorrência grave foi registrada na festa da cidade, considerada tranquila pela gestão municipal. "A festa transcorreu com muita tranquilidade para as milhares de pessoas que prestigiaram a animação em cada canto da cidade. Nosso carnaval superou expectativas, principalmente em quantidade de brincantes, já que os blocos também atraíram muita gente de outros municípios", afirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura de Paulista, Fabiano Mendonça.

A Prefeitura de Paulista contabilizou 450 mil foliões nas mais de 160 agremiações carnavalescas que desfilaram pela cidade. O destaque ficou por conta dos blocos que conseguiram atrair maior público, a exemplo do Cavalo Branco, em Maranguape 2 e o Bacalhau na Vara, de Paratibe, que juntos arrastaram mais de 190 mil pessoas.

"Por mais um ano, fizemos um carnaval de muita alegria e tranquilidade. Nossa prioridade foi valorizar os artistas locais, fortalecer os blocos de rua, garantindo uma folia descentralizada, onde o público teve a oportunidade de brincar com segurança e perto de casa,", destacou o prefeito de Paulista, Junior Matuto.

Segurança

A Secretaria de Segurança Cidadã e Defesa Civil do município montou, junto com a Polícia Militar, um esquema de segurança envolvendo o efetivo da Guarda Municipal e da PM, por meio do Centro Integrado de Segurança (CIS). Ao todo, 224 homens atuaram nos cinco dias de carnaval na cidade.

A estratégia contou ainda com as 16 câmeras de videomonitoramento do município, que foram instaladas em pontos estratégicos na cidade. Isso sem falar da unidade móvel do Programa “Crack, é Possível Vencer”, que foi usada para flagrar delitos durante a concentração e no percurso das agremiações.

De acordo com o setor de Estatísticas do 17º BPM, 12 ocorrências foram registradas da sexta (1º) até a quarta-feira de cinzas (6). Todas foram consideradas de perturbação do sossego. Os casos foram relatados por moradores que se queixavam de som alto. A PM informou que todas as situações foram resolvidas sem pelos policiais que estavam no plantão.

Saúde

A Secretaria Municipal de Saúde prestou apoio aos blocos carnavalescos, com ambulâncias de suporte de atendimento às emergências; atendimento às urgências na Prontoclínica Torres Galvão (PTG); distribuição de preservativos com orientação à população, além de outros serviços à população.

Ao todo, 14 ocorrências foram atendidas pelas equipes da saúde, em casos como hipoglicemia, embriagues ou cortes. As unidades móveis do município ainda realizaram a remoção de quatro foliões, sendo três para a PTG e um para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

A população ainda contou com os serviços do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA). Ao todo, 37 mil preservativos foram distribuídos durante o desfile do Cavalo Branco e do Bacalhau na Vara. Com o apoio da unidade móvel, a equipe conseguiu realizar 83 exames de HIV e sífilis.

Os profissionais da Vigilância Sanitária realizaram durante o desfile do Bacalhau na Vara 430 inspeções em comércios informais. O que resultou na apreensão de 40 litros de batidas; 25 litros de água de coco; 60 unidades de espetinhos; além de 2 mil tampas de garrafão de água mineral e selos usados nesse botijões. O proprietário desse depósito de bebidas foi notificado.

Mobilidade

A Secretaria de Mobilidade e Administração das Regionais também montou um esquema especial de trânsito para os dias da folia. Ao todo, 80 profissionais, entre agentes e educadores de trânsito, prestaram serviço em regime de plantão para garantir a segurança e a mobilidade dos foliões no município.

Além disso, o órgão montou um esquema de plantão de acidentes para que a população pudesse relatar ocorrências de trânsito. O contato registrou 90 chamados.

Limpeza urbana

Este ano, a Secretaria Executiva de Serviços Públicos do Paulista contou com o efetivo de 90 homens que não pararam durante os dias de festa e realizaram serviços de limpeza e varrição. Desse sábado (2) até a quarta-feira de cinzas, a gestão municipal recolheu um total de 1.820 toneladas de lixo nos polos de animação e também através da coleta domiciliar. O mutirão de limpeza ainda contou com três compactadoras de lixo e duas caçambas. 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.