Carnaval Folia até a quarta-feira de cinzas

Publicado em: 05/03/2019 19:45 Atualizado em: 06/03/2019 11:41

Bacalhau do Batata é o bloco mais conhecido na quarta-feira de cinzas em Olinda. Foto: Divulgação
Bacalhau do Batata é o bloco mais conhecido na quarta-feira de cinzas em Olinda. Foto: Divulgação
Para quem acha que a quarta-feira de cinzas foi feita para descansar, não conhece o folião pernambucano. Isso porque, até mesmo no último dia de Carnaval existe programação para quem ainda aguenta o pique.

A começar pelos tradicionais blocos de Bacalhau. O mais famoso deles, o Bacalhau do Batata, acontece no Alto da Sé, em Olinda, à partir das 7h30. A troça segue pelas ruas da cidade alta arrastando uma multidão de foliões. Mas, diversos outros blocos, com a mesma finalidade, de fechar com chave de ouro a folia de Momo, toma as ruas do Recife e Região.

Para quem gosta de tradição, existe o Bloco do Barão, que sai às 11h da Rua da Boa Hora, também em Olinda. O grupo existe há mais de 10 anos e é encabeçado por 10 homens que distribuem dinheiro e uísque aos foliões.

Olinda é, de fato, uma cidade que respira Carnaval. Tanto é que, na cidade alta, ainda existe pique para aguentar toda a quarta-feira de cinzas e se despedir da folia com animação. No Polo do Carmo acontecem shows a partir das 15h. Entre os convidados estão a Orquestra Contemporânea de Olinda, Cascabulho, Zuza Miranda e Thais, Mestra Ana Lúcia do Coco e Black.

O encerramento do Carnaval de Olinda acontece no bairro de Peixinhos e reúne nomes como Nádia Maia, Jorge Riba, Família Salustiano, Maracatu Nação Maracambuco, Cia Frevança, Jefersson Rouce e mais.

Último dia de Carnaval de Recife e Olinda reúne música para todos os gostos. Foto: Divulgação
Último dia de Carnaval de Recife e Olinda reúne música para todos os gostos. Foto: Divulgação
Na Zona Norte do Recife, para quem ainda tem fôlego, existe os Irresponsáveis de Água Fria que percorre as ruas do Arruda e Água Fria a partir das 14h.
 
No Mercado da Boa Vista, a partir das 11h30, estarão atrações para quem gosta de exaltar a cultura local com Clube de Boneco Menino da Federalção, Orquestra de Pau e Corda Evocações, Cia Brasiliart de Dança, Mendes e sua Orquestra e Ava Guimarães e Banda.

Já no polo do Ibura à partir das 18h, drag queens sobem ao palco para realizar performances para o público.  

E, para os amantes do rock, existe o XII Quarta Cinza Rock no Polo Casa Amarela. Pelo décimo segundo ano consecutivo, o festival é conhecido por lançar bandas alternativas da periferia do Recife. Mesmo com o foco em novas apostas na ceda cultural local, bandas já conhecidas não são deixadas de lado a exemplo de Mundo Livre S/A que estará presente.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.