Solidariedade Bancos de leite e de sangue pedem doações para o carnaval

Por: Agência Brasil

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 02/03/2019 14:28 Atualizado em:

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
 
O carnaval é comumente associado à festa, diversão e alegria, mas também é um período que preocupa profissionais de saúde por causa da baixa nos estoques dos bancos de leite e de sangue em todo o país. Por isso, instituições como a Fundação Hemocentro de Pernambuco (Hemope) e o Banco de Leite Humano da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro, fazem um apelo para que os doadores ajudem a manter as unidades abastecidas durante a folia.

No caso dos bancos de leite, a queda do estoque é comum porque muitas mães doadoras aproveitam o período de recesso para viajar, afastando-se da cidade onde moram e se desligando do programa de doação ao qual pertencem. Atualmente, a situação mais crítica é do Hospital Dom Malan (HDM), em Petrolina. No estoque, há apenas 2 litros de leite, praticamente o consumo de um único dia. No Jesus Nazareno (HJN), em Caruaru, há 16 litros e o consumo diário é de 1 litro. Além das doações, as unidades estimulam as mães das crianças a fazerem a ordenha do insumo para os seus bebês. As unidades também apoiam as mulheres em suas dificuldades no processo de amamentação.

De acordo com a FioCruz, a queda nas doações de leite humano nesse período chega a até 60% nos estoques da unidade, comprometendo o desenvolvimento e a nutrição de recém-nascidos prematuros. São necessários, em média, 300 litros por mês para atender a todos os lactentes internados no instituto e, desde o início de 2019, foram coletados apenas 110 litros – menos da metade do que é preciso.

COMO DOAR: As mães interessadas em doarem seu leite excedente devem entrar em contato, via telefone, com as unidades de saúde: Hospital Agamenon Magalhães (3184.1690), Hospital Barão de Lucena (3184.6552), Hospital Jesus Nazareno (Caruaru - 3719.9338) e Hospital Dom Malan (Petrolina - 87 3202.7000). É possível retirar a bebida na própria unidade ou combinar a busca na casa da doadora. Outras instituições públicas e privadas também recebem doação. Para ver a lista completa, basta acessar o link https://bit.ly/2sfx9MM.

Para retirar o leite da mama, a indicação é que a mãe use um lenço para proteger a boca e a cabeça, além de higienizar as mãos antes de iniciar o processo. O produto deve ser armazenado em potes de vidro com tampa de plástico, como os de maionese ou café. O papel que vem na parte interna da tampa precisa ser retirado antes de todo o processo. Para higienizá-los, deve-se lavá-los em água corrente e com sabão neutro. Em seguida, colocá-los em uma panela com água e levá-los ao fogo. Após a água começar a ferver, deixa por mais 15 minutos.

SERVIÇO

Fundação Hemope

Rua Joaquim Nabuco, 171 - Graças.

Horário: De segunda a sábado, das 7h15 às 18h30, inclusive nos feriados.

Para doar sangue o interessado precisa ter entre 16 e 69 anos, peso mínimo de 50 quilos e estar com documento de identificação com foto.

Menor de idade deve ter autorização do responsável legal e a presença do mesmo durante a doação. 


Doação de Leite materno

Hospital Agamenon Magalhães: Telefone 3184.1690
Hospital Barão de Lucena: Telefone: Telefone 3184.6552
Hospital Jesus Nazareno (Caruaru): Telefone 3719.9338
Hospital Dom Malan (Petrolina): Telefone 87 3202.7000



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.