Meio Ambiente Estudantes produzem confetes biodegradáveis com folhas secas e distribuem em Olinda

Publicado em: 28/02/2019 16:25 Atualizado em: 28/02/2019 16:28

Foto: Fafire/Divulgação.
Foto: Fafire/Divulgação.
Dá brincar o carnaval sem gerar tanta poluição. Pensando nisso, um grupo de estudantes da Faculdade Frassinetti do Recife (Fafire) produziu e vai distribuir em Olinda confetes e glitter biodegradáveis. Os confetes são feitos com folhas secas e serão entregues aos foliões no Polo Fafire, no Alto da Sé, que fica próximo à Academia Santa Gertrudes. 

Oito alunos do curso de ciências biológicas participaram da confecção. Eles usaram folhas secas das árvores do estacionamento da faculdade e, com furadores de papel, produziram os confetes. O trabalho é parte de um projeto de educação ambiental da instituição de ensino superior orientado pelo coordenador do curso de gestão ambiental da Fafire, Thiago Barros, em parceria com o curso de ciências biológicas.
 
Foto: Fafire/Divulgação.
Foto: Fafire/Divulgação.
Segundo o coordenador, a ideia surgiu a partir de uma observação diária do estacionamento da faculdade. "Víamos os responsáveis pela limpeza recolhendo as folhas secas diariamente. Veio a ideia, e alguns estudantes se voluntariaram no projeto. Os confetes serão usados no polo e distribuído aos foliões em três dias do carnaval", afirma Thiago Barros.

O projeto teve como norte os três Rs da sustentabilidade: reduzir, reciclar e reutulizar. "Nosso objetivo é mostrar que podemos fazer um carnaval mais sustentável", diz o gestor ambiental.
 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.