Carnaval Metrô divulga esquema especial para o Galo da Madrugada

Publicado em: 27/02/2019 21:29 Atualizado em: 27/02/2019 21:30

Crédito: Karina Morais/Esp.DP
Crédito: Karina Morais/Esp.DP

O metrô do Recife funcionará em esquema especial durante o Galo da Madrugada. No próximo sábado (2), a Linha Centro irá operar normalmente, das 5h às 23h, com intervalos mínimos de cinco minutos no horário de pico, tanto na ida quanto na volta. Já a Linha Sul vai funcionar das 5h às 23h, com intervalos de sete minutos. Das 14h às 20h, as estações da Linha Sul estarão fechadas para embarque, funcionando apenas para desembarque dos usuários. O VLT vai funcionar das 5h às 20h. Assim como a Linha Sul, das 14h até o encerramento, as estações funcionarão apenas para desembarque.

"Mais de mil e trezentos empregados da Operação e da Manutenção vão atuar na Operação Especial do Galo da Madrugada. A nossa expectativa é que cerca de 430 mil pessoas utilizem o metrô neste dia", destacou o Superintendente da CBTU Recife, Leonardo Villar, durante a coletiva. Durante o Galo da Madrugada, os passageiros poderão contar com o Juizado do Folião e uma força-tarefa composta por diversas entidades que trabalham em conjunto para resolver eventuais problemas e garantir a segurança e direitos do folião, instalado na Estação Recife.

“O Juizado do Folião na estação Recife terá dois juízes de plantão, além de dois promotores de justiça e dois defensores públicos. O Juizado do Folião de Pernambuco está servindo de referência para os TJs do Rio de Janeiro e da Bahia que estão nos procurando para conhecer nossas atividades”, afirmou a juíza Gisele Vieira. 

Estarão presentes no Juizado representantes da Secretaria de Defesa Social (SDS); Polícia Militar; Policial Civil; Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Adolescente; Tribunal de Justiça de Pernambuco; Instituto de Medicina Legal (IML); Instituto de Criminalística (IC); Instituto de Identificação Tavares Buril (IITB); entre outros. A CBTU Recife investiu cerca de R mil para construção do Juizado do Folião. A área de estacionamento fica disponível para a Defesa Civil e Polícia Rodoviária Federal, em situações que seja necessário o uso de helicópteros.
 
A Ouvidoria Social da SDS contará com a presença de advogados, psicólogos, tradutores de libras, entre outros, que irão orientar e receber denúncias de casos de violação de direitos da criança e do adolescente, do idoso, do portador de deficiência, do LGBTI, casos de discriminação racial, etc, explica o Secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Sileno Gomes. “Além de receber as denúncias, a Ouvidoria Social também fará um trabalho de conscientização ao folião de preservação dos direitos e também irá disponibilizar pulseiras de identificação para crianças” finalizou Sileno.
 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.