Recife Conexão gratuita de internet wifi é reforçada para o carnaval Links extras do Conecta Recife serão instalados na Central do Carnaval e na Arena Gastronômica

Publicado em: 27/02/2019 08:46 Atualizado em: 27/02/2019 09:02

Dois novos pontos do Conecta Recife vão funcionar durante o carnaval. Foto: Alcione Ferreira/Arquivo DP.
Dois novos pontos do Conecta Recife vão funcionar durante o carnaval. Foto: Alcione Ferreira/Arquivo DP.
Os pontos de conexão grátis de wifi serão reforçados no Recife por causa do carnaval. Além dos 137 hubs fixos do Conecta Recife, rede de aceso wifi gratuito, espalhados pela cidade, a Empresa Municipal de Informática (Emprel), oferecerá pontos extras na Arena Gastronômica e na Central de Serviços, que funcionarão na Rua do Observatório.

O Conecta Recife cobre diversos pontos turísticos e de convivência na cidade atualmente. Na área central da capital, são 31 pontos, incluindo o Mercado da Boa Vista, Parque Treze de Maio, Rua da Aurora, Praça da República, Casa da Cultura, Boulevard Rio Branco, Rua do Bom Jesus, várias ruas do Recife Antigo, cinco pontos no Marco Zero, Forte do Brum, Forte Cinco Pontas e Mercado São José.

Entre outras regiões da cidade, também tem conexão gratuita no Mercado da Encruzilhada, Praça do Morro da Conceição, Parque da Macaxeira, Mercado de Casa Amarela, Praça do Trabalho, Sítio da Trindade, Praça do Derby, Parque da Jaqueira, Parque Santana, Mercado do Cordeiro, Mercado da Madalena, Mercado de Afogados, Praça de San Martin, Praça de Jardim São Paulo, Jardim Botânico (Curado), Lagoa do Araçá, Praias do Pina e Boa Viagem em diversos pontos, incluindo a Pracinha de Boa Viagem e o Parque Dona Lindu.

"Cada hub consegue manter conectadas 150 pessoas ao mesmo tempo. A instalação dos pontos extras da Arena Gastronômica e da Central do Carnaval visa atender aos foliões que desejam postar fotos e interagir nas redes sociais, e, também dar apoio e facilitar os serviços que serão prestados nesses locais, como delegacias móveis, consultas do Procon Recife, monitoramentos de trânsito, SDS, Samu e até mesmo o uso de maquinetas de cartão de crédito", explica o presidente da Emprel, Eugênio Antunes.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.