Educação UFPE divulga resultado da reavaliação da Comissão de Ações Afirmativas Étnico-Raciais

Publicado em: 26/02/2019 15:01 Atualizado em: 26/02/2019 15:05

Foram analisados cerca de 2,4 mil candidatos classificados na chamada regular. Foto: Ricardo Fernandes/DP.
Foram analisados cerca de 2,4 mil candidatos classificados na chamada regular. Foto: Ricardo Fernandes/DP.
A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) divulgou nessa segunda-feira (25) o resultado dos candidatos classificados na chamada regular do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) que entraram com recurso e foram reavaliados pela Comissão de Ações Afirmativas Étnico-Raciais da UFPE na última quinta (21) e sexta-feira (22). A lista dos validados pode ser consultada no hotsite do Sisu UFPE 2019.

De acordo com a universidade, foram analisados cerca de 2,4 mil candidatos classificados na chamada regular, dos quais 280 não tiveram a matrícula validada. "A UFPE ofereceu a eles, espontaneamente, a possibilidade de entrar com recurso administrativo. Um total de 188 candidatos entraram com recurso administrativo e dois com recurso judicial, dos quais 98 foram invalidados, 74 foram validados e 18 não compareceram à reavaliação", informou a instituição.

A Pró-Reitoria para Assuntos Acadêmicos (Proacad) da UFPE lembrou que os candidatos que tiveram a situação validada e estão na primeira entrada devem procurar o seu Centro Acadêmico para o início imediato das aulas e posterior integração ao sistema Siga. Para os candidatos da segunda entrada, as aulas começarão no dia 3 de agosto de 2019, conforme o calendário acadêmico.

Lista de Espera

Em relação ao resultado da Comissão de Validação de Autodeclaração da primeira convocação da lista de espera do Sisu 2019, divulgado na última quarta-feira (20), o prazo para abertura de processo administrativo foi encerrado nessa segunda-feira. A Proacad informou que vai divulgar até sexta-feira (1°) a data da reavaliação desses candidatos.
 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.