Segurança Drones farão monitoramento do carnaval de Olinda

Publicado em: 26/02/2019 14:52 Atualizado em: 26/02/2019 14:58

Crédito: Paulo Paiva/DP
Crédito: Paulo Paiva/DP

O carnaval de Olinda deste ano será monitorado por drones. Dois equipamentos serão colocados no ar, durante os dias de folia, para filmar a ação de criminosos e também possíveis casos de assédio de homens para com as mulheres. As imagens capturadas pelas máquinas serão enviadas em tempo real para uma central de monitoramento, onde estará parte da equipe de segurança do evento. Essa é uma das novidades da Folia de Momo em Olinda, que terá também uma estrutura de banheiros dentro de contêineres e com equipe de limpeza de prontidão espalhada pelo Sítio Histórico, para além dos banheiros químicos.

Neste ano, as equipes de guarnições e patrulhas foram ampliadas e um efetivo de 60 guardas municipais irá atuar, por dia, nos polos de festa. Os agentes irão se incorporar ao efetivo da Ciatur, para patrulhamento a pé e também com viaturas nos locais de maior concentração de foliões. A base comunitária móvel de videomonitoramento ficará em frente à sede da prefeitura, na Praça Monsenhor Fabrício, no Sítio Histórico. Para lá, serão enviadas as imagens captadas pelos drones e também geradas por 16 câmeras instaladas em diversas vias da cidade alta, além de nove câmeras acopladas na própria base.

“Os drones são uma inovação que estamos trazendo para este carnaval, teremos uma equipe de segurança capacitada para pilotar os equipamentos e acompanhar em tempo real as imagens da festa. Assim, ao identificar qualquer ocorrência, principalmente casos de agressão ou furtos, a ação seja debelada mais rapidamente”, afirmou o secretário de Patrimônio, Cultura e Turismo de Olinda, João Luiz. Completando o esquema de segurança, uma seis plataformas da Ciatur serão instaladas no Sítio Histórico.

As outras novidades deste ano serão na infraestrutura. Uma delas é a instalação de dez espaços de contêineres, totalizando 48 cabines de banheiros, que contarão com equipes de limpeza de prontidão. Eles serão espalhados pelos focos de folia, como forma de garantir maior conforto aos foliões e serão complementares aos 250 banheiros químicos já instalados em Olinda durante a festa. “Essa é uma forma que encontramos de garantir conforto e também que os foliões evitem de fazer as necessidades nas ruas”, acrescentou João Luiz. Além disso, o município irá utilizar uma varredeira mecânica para fazer a limpeza das áreas de folia. O equipamento será complementar ao trabalho de 300 garis, 30 caminhões e seis caminhões-pipa.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.