Carnaval Camarotes do Galo da Madrugada são interditados pela Prefeitura do Recife Ao todo, a fiscalização interditou 22 edificações irregulares

Publicado em: 25/02/2019 14:31 Atualizado em: 25/02/2019 18:40

Até sábado, os camarotes que têm pendências na documentação podem ser licenciados. Foto: Luciano Ferreira/PCR/Divulgação.
Até sábado, os camarotes que têm pendências na documentação podem ser licenciados. Foto: Luciano Ferreira/PCR/Divulgação.
Vinte e dois imóveis localizados no percurso do Galo da Madrugada foram interditados nesta segunda-feira (25). A Diretoria Executiva de Controle Urbano (Dircon) realizou vistoria em camarotes da Rua Imperial e Avenida Sul. Cinco imóveis foram interditados por falta de alvará de eventual funcionamento e 17 por haver risco estrutural no imóvel, de acordo com laudos técnicos da Secretaria Executiva de Defesa Civil (Sedec).

De acordo com a Prefeitura do Recife, o objetivo do trabalho de fiscalização é dar mais segurança aos foliões. A ação vai continuar até o dia do desfile do bloco, seguindo pelas avenidas Sul, Guararapes, Dantas Barreto e pelo Bairro do Recife. Além das interdições, cerca de 20 marquises receberam adesivos que alertam para o risco de serem ocupadas, uma vez que foram projetadas para sombrear e não para receber o peso de pessoas.

A fiscalização foi realizada em parceria com a Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) e a Gerência de Operações (Geop). "O objetivo do nosso trabalho é alertar os responsáveis pelos camarotes sobre o perigo de não estarem licenciados, uma vez que a documentação solicitada não é uma questão burocrática e, sim, de segurança. Aos foliões, orientamos que eles estejam atentos a essas questões antes de comprarem os ingressos", afirmou a diretora executiva de Controle Urbano, Cândida Bomfim.

Até este sábado (2), os camarotes que têm pendências na documentação podem ser licenciados, desde que deem entrada na Regional Centro-Oeste e tenham condições de abrigar a estrutura. Desde janeiro, equipes da Dircon realizam o trabalho de identificação dos camarotes não licenciados. Ao todo, cerca de 700 imóveis já foram vistoriados nos bairros de São José e do Recife. No dia do evento, uma nova ação acontecerá para coibir o comércio informal irregular, a instalação de obstáculos à mobilidade no percurso e para verificar os camarotes.

Camarotes interditados nesta segunda-feira (25):

Camarote O Berrante (Avenida Sul, 488 - Risco estrutural)

Nexel no Galo (Rua Imperial, 502 - Sem alvará de funcionamento para camarotes)

Jó Produções (Rua Imperial, 738 e 742 - Risco estrutural)

Galo Barão (Rua Imperial, 775 - Risco estrutural)

Galo Summer (Rua Imperial, 1149 - Risco estrutural)

Sr. Chopp (Rua Imperial, 1173 - Risco estrutural)

Avenida Sul, 898 (Risco estrutural)

Avenida Sul, 1247 (Sem alvará de funcionamento para camarotes)

Avenida Sul, 1251 (Sem alvará de funcionamento para camarotes)

Praça Sérgio Lorêto, 1026 (Risco estrutural)

Praça Sérgio Lorêto, 1072 (Risco estrutural)

Rua Imperial, 677 (Risco estrutural)

Rua Imperial, 679 (Risco estrutural)

Rua Imperial, 687 (Risco estrutural)

Rua Imperial, 691 (Risco estrutural)

Rua Imperial, 695 (Risco estrutural)

Rua Imperial, 889 (Risco estrutural)

Rua Imperial, 955 (Risco estrutural)

Rua Imperial, 1039 (Risco estrutural)

Rua Imperial, 1223 (Risco estrutural)

Rua Imperial, 1245 (Risco estrutural)

Travessa do Gomes, 52 (Sem alvará de funcionamento para camarotes)

Resposta do camarote Sr. Chopp
A organização do camarote Sr. Chopp no Galo da Madrugada entrou em contato com o Diario para esclarecer que a estrutura do galpão, localizado na Rua Imperial, se encontra em "perfeito estado", diferentemente do que foi veiculado de acordo com informações passadas pela Defesa Civil do Recife. 

Segundo Thiago Benevides, dono do espaço, houve uma vistoria da Defesa Civil, no imóvel, em novembro do ano passado, em que foi constatado que havia um desprendimento de bloco de concreto na fachada - o que poderia apresentar riscos para os foliões que passavam embaixo do galpão. Ainda de acordo com o empresário, nessa mesma vistoria, também foi atestado que a parte interna do camarote não apresentava problemas estruturais, não oferecendo riscos para os clientes. 

Em dezembro, também segundo Benevides, foi feita uma reforma na fachada do imóvel a fim de regularizar a situação com a Defesa Civil. No entanto, o processo para atualizar a documentação do camarote Sr. Chopp ainda estava trâmite quando foi realizada a nova vistoria, interditando o galpão. 

A Defesa Civil do Recife confirmou que o imóvel onde está localizado o camarote do Sr. Chopp não apresenta riscos para os clientes. "Os reparos recomendados foram feitos após a vistoria de novembro, mas hoje constatamos que não há problemas na estrutura como um todo", reforçou a Gerente Geral de engenharia, Elaine Hawson. Ainda segundo Hawson, o galpão deve ser liberado amanhã


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.