ÁGUA Moradores de Paulista devem ficar sem água na segunda-feira (25)

Publicado em: 22/02/2019 19:23 Atualizado em: 22/02/2019 19:26

Estação de Tratamento de Água-ETA Botafogo. Foto: Compesa/ Divulgação
Estação de Tratamento de Água-ETA Botafogo. Foto: Compesa/ Divulgação

Uma paralisação  parcial do Sistema Botafogo, por 48 horas, resultará em falta de água em algumas localidades da cidade do Paulista: Mutirão, Maranguape II, Engenho Maranguape, Artur Lundreen I, Artur Lundren II, Jaguarana, Centro de Paulista, Torres Galvão, Jaguaribe,  Jardim Maranguape, Alameda Paulista e Janga. Os serviços serão executados pela Companhia Pernambucana de Saneamento - Compesa -  a próxima segunda-feira (25) na tubulação principal (adutora), responsável pelo abastecimento de parte do município. A paralisação programada será iniciada às 22h da segunda seguindo até às 22 horas da quarta-feira (27). A iniciativa será necessária para a instalação de duas válvulas reguladoras de vazão com o objetivo de melhor as pressões da rede de abastecimento de bairros localizados nas áreas mais altas de Paulista, a exemplo das localidades de  Alameda Paulista e Jaguarana.

Para instalar os equipamentos em unidades do Sistema Botafogo, segundo o gerente de Produção da Compesa, Euris Oliveira, os serviços  são de natureza complexa e não poderão ser feitos com a adutora em funcionamento (com água), sendo necessário a suspensão temporária do fornecimento de água. "Uma equipe de 30 profissionais estará trabalhando na operação. A distribuição de água será retomada após a conclusão dos serviços  e obedecerá o calendário de abastecimento de cada área. Informações sobre o retorno do abastecimento das localidades afetadas podem ser obtidas pelo 0800 081 0195", explica.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.