Aliança Filhos de agricultores aprendem os passos do frevo As aulas acontecem no distrito de Upatininga

Publicado em: 22/02/2019 08:05 Atualizado em: 22/02/2019 08:29

Crianças vêm de áreas rurais distantes e sem oportunidades. Foto: Ederlam Fábio
Crianças vêm de áreas rurais distantes e sem oportunidades. Foto: Ederlam Fábio
Em Aliança, na Zona da Mata Norte, conhecida como o berço do maracatu rural, os filhos de agricultores estão concentrados para a chegada do carnaval. Eles têm idades variando entre 7 e 16 anos e, nos últimos dias, intensificaram os treinos para representarem o papel de passistas mirins da Escola de Frevo Zezé Corrêa, projeto da Sociedade Musical 15 de Novembro, localizada no distrito de Upatininga.

Os alunos e alunas aprendem desde os passos de frevo clássicos até os passos mais contemporâneos. Algumas crianças moram em áreas rurais distantes e muito pobres. Por isso, recebem apoio financeiro mensal para não faltarem às aulas.

A Escola de Frevo Zezé Corrêa atende 50 crianças e adolescentes.  “Nossa missão é proporcionar, por meio das aulas, muito mais que uma atividade de diversão, mas um novo olhar cheio de esperança e oportunidades para que eles superem o dia a dia, que é carregado de dificuldades, seja em casa ou até mesmo na comunidade em que moram. Aqui é um povoado distante de grandes oportunidades e essa foi a maneira que encontramos de preencher esse vazio, por meio da cultura pernambucana. Esse futuro ninguém vai tirar de nossos jovens”, diz Wanessa Santos, coordenadora do projeto.

Upatininga, onde mora a maioria das crianças, surgiu no século XIX, a partir da ocupação de escravos remanescentes do período das capitanias hereditárias. Cinco mil famílias moram no lugar.

Neste final de semana, os passistas da Escola de Frevo Zezé Corrêa se apresentam em cidades da Mata Norte. Neste sábado (23), às 22h, o grupo participa XI V Baile Municipal de Macaparana. No domingo (24), o passistas se apresentam no 28º Baile Municipal em Condado, a partir das 20h. Já no dia primeiro de março, desfilam no bloco da Secretaria de Educação de Buenos Aires, às 8h. No mesmo dia, os participantes ganham às ruas e avenidas do distrito de Upatininga, no Bloco Zezé Corrêa, às 17h. Por fim, no dia 5, participam do Bloco Tops de Buenos Aires, às 15h.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.