Preparativos Vistoria no percurso do Galo identifica necessidade de podar árvores e tapar buracos

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 18/02/2019 13:58 Atualizado em: 18/02/2019 14:32

Trajeto de 4,5 km foi percorrido por 40 profissionais de 18 órgãos. Foto: Mandy Oliver/Esp.DP.
Trajeto de 4,5 km foi percorrido por 40 profissionais de 18 órgãos. Foto: Mandy Oliver/Esp.DP.
Quatro quilômetros e meio do percurso do desfile do Galo da Madrugada foram percorridos por 40 profissionais de 18 diferentes órgãos para identificar possíveis riscos aos foliões. Após os trabalhos coordenados pelo Corpo de Bombeiros de Pernambuco, na manhã desta segunda-feira (18), foi identificada a necessidade de ajustar podas de árvores, reduzir o número de fios em postes sobrecarregados e tapar buracos abertos nas vias fiscalizadas.

Além do Corpo de Bombeiros, participaram da inspeção as polícias Civil, Científica e Militar; a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe); a Diretoria de Controle Urbano do Recife (Dircon); a Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb); o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e outros órgãos. "Observamos os acessos às vias, a altura das fiações, a sobrecarga em postes, os pontos de recolhimento de entulhos, a montagem dos camarotes e todas as plataformas de altura (onde médicos, bombeiros e policiais trabalham durante o desfile). Tudo isso é para garantir a segurança de todos os foliões", explicou o tenente-coronel do Corpo de Bombeiros Erick Aprígio. 

Cada órgão envolvido na fiscalização vai monitorar as vias até o dia do desfile do Galo, em 2 de março. "Ainda precisamos avaliar e acompanhar as podas de árvores e o recolhimento de entulhos e lixo no percurso. Pedimos à população que não jogue resíduos na rua, pois isso gera problemas diversos", ressaltou Aprígio. À Celpe, por exemplo, cabe manter o alerta em relação aos postes e fiações. Já correção de podas incorretas ficará sob responsabilidade da Emlurb. "Cada órgão saiu com metas e prazos de planejamento e execução para tudo ficar pronto até o sábado (de Zé Pereira)", pontuou o tenente-coronel.

Galo 2019

Lia de Itamaracá, Fabiana Karla, Yane Marques, Amelinha e Léa Lucas são as cinco mulheres homenageadas pelo Galo da Madrugada 2019, que terá como tema "Frevo Mulher" em sua 42ª edição, dia 2 de março de 2019. O tema surgiu a partir da música homônima de composição de Zé Ramalho cantada por Amelinha.

O desfile contará com cerca de 30 trios elétricos. A agremiação é reconhecida pelo Livro dos Recordes como o maior bloco de carnaval de rua do mundo. Cerca de 4
 mil pessoas trabalham no desfile, entre artistas, seguranças, costureiras, figurinistas. O desfile do Galo ocupa as ruas de pelo menos seis bairros do Recife, com concentração de maior público nos bairros de São José, Santo Antônio, Coelhos, Ilha Joana Bezerra, Cabanga, Boa Vista e Bairro do Recife.

A primeira ala do bloco sai da Avenida Sul, no sentido do viaduto Capitão Temudo, retornando pela Rua Imperial (sentido Praça Sérgio Loreto). Ao todo, seis quilômetros são percorridos em mais de nove horas de festa. A dispersão da multidão acontece por volta das 18h30 na Rua do Imperador.

 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.