Folia de Momo Concurso elegeu Rei e Rainha do Carnaval do Recife 2019

Publicado em: 17/02/2019 13:31 Atualizado em:

Crédito: Sérgio Bernardo/PCR
Crédito: Sérgio Bernardo/PCR

O trono do Carnaval do Recife 2019 foi disputado por 15 candidatas a Rainha e 11 candidatos a Rei. Na noite dessa sexta-feira (15), receberam as coroas Maria Lucrécia Teixeira da Silva e Henrique Gabriel Gomes da Silva para os seis dias de reinado. Os monarcas participaram do concurso que teve a final disputada no Pátio de São Pedro, bairro de São José. As chaves da cidade serão repassadas ao casal no dia da abertura da festa, 1º de março, dando início ao reinado mais esperado do ano. Até lá, os dois já começam a cumprir uma agenda intensa de preparação para período momesco.

Promovido pela Secretaria de Cultura, por meio da Fundação de Cultura do Recife, a disputa reuniu mulheres e homens, frevo no pé e muita dedicação ao carnaval. Com notas de cinco a dez, os jurados observaram nas apresentações de cada candidato: simpatia, postura, elegância, interação com o público, coreografia, conhecimento sobre cultura popular. Arthur de Queiroz e Sabrina da Silva foram o casal monarca que reinou em 2018. Eles estavam presentes para passar a missão adiante aos novos embaixadores do carnaval recifense.

Do bairro de Água Fria, Zona Norte do Recife, a rainha Maria Lucrécia é bailarina profissional e participa do concurso há cinco anos. A persistência no sonho coroou a jovem de 32 pela primeira vez. Com uma roupa cravejada de brilho e toda feita no tom amarelo, Lucrécia esbanjou simpatia. “Tanta dedicação e deu certo! Chegou a minha vez! Parece um sonho, porque foram muitos anos de luta sem desistir do meu sonho e, enfim, consegui realizar”, fala a majestade Lucrécia.

Também da Zona Norte do Recife, do bairro do Rosarinho, vem o rei Momo Henrique Gabriel. Aos 28 anos, Henrique é veterano na batalha pela coroa. Participa do concurso desde 2009 e esta é a segunda vez que ele comandará o reinado do Carnaval do Recife. Em 2015, ele foi eleito o rei. “Há quatro anos eu venho me preparando para estar aqui novamente. E o amadurecimento me mostrou que eu poderia ser um rei trazendo uma mensagem diferente. Gordinhos podem ser e fazer o que quiser. A gente pode tudo!”, afirma o Rei Momo 2019. 

O frevo que embalou a apresentação dos 26 candidatos foi tocado pela Orquestra Popular do Recife e regida pelo grande Ademir Araújo, o Maestro Formiga. Cada um dos vencedores do concurso receberá uma premiação de R$ 20 mil reais. A agenda da dupla vencedora inclui a participação em diversas programações promovidas pela Prefeitura do Recife, entre elas o Baile Municipal, que acontece no próximo dia 23/03, no Classic Hall.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.