Cabela e Mirula são os homenageados do Carnaval de Olinda

Publicado em: 15/02/2019 18:02 Atualizado em:

Foto: Marcos Oliveira/Prefeitura de Olinda/Divulgação.
Foto: Marcos Oliveira/Prefeitura de Olinda/Divulgação.

Os homenageados do Carnaval 2019 de Olinda foram conhecidos nesta sexta-feira (15). Após escolha popular, com a urna passando por vários bairros da cidade, Cláudio Nigro, mais conhecido como Mirula, e Antônio Aurélio Sales, Cabela, terão suas histórias compondo a decoração da Folia de Momo.

A votação foi uma parceria da Prefeitura de Olinda e da Rede Globo. Os dois homenageados, em memória, foram representados por seus filhos. Marcos Sales disse que os 837 votos recebidos pelo pai, Cabela, deixaram a família emocionada. “É um reconhecimento da nossa cultura, da nossa gente e de toda alegria e paixão dele”, afirmou.

Na mesma linha seguiu o representante de Mirula, Cláudio Nigro Filho: “Saber que foi por votação das pessoas é ainda mais gratificante. Meu pai amava esta cidade e toda essa alegria popular”, colocou. Ele teve 813 votos.

Ao som de orquestra de frevo e bonecos gigantes, o prefeito, Professor Lupércio, enalteceu os vencedores e todos os concorrentes.

“Foram dez pessoas que fizeram história em uma cidade cultural como Olinda que poderiam ser votadas. Todos são importantes nesta construção e Mirula e Cabela representam bem tudo isso” frisou.

Também estiveram na entrega das placas comemorativas o vice-prefeito, Márcio Botelho, e o secretário de Cultura e Turismo, João Luiz. Ao todo foram 3545 votos somando os dez candidatos.

Saiba mais

CABELA
Antônio Aurélio Sales, mais conhecido como Cabela, um dos fundadores da troça carnavalesca Ceroula de Olinda, que desfila no carnaval olindense desde 1962.

MIRULA
“Pai, faz um hino pra Elefante”, disse um dia Cláudio Nigro, mais conhecido como Mirula, para o seu pai Clídio Nigro. Foi a partir desse pedido que uma das composições mais célebres da cidade de Olinda tomou forma como hino do tradicional Clube Carnavalesco Misto Elefante de Olinda.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.