Saúde Mutirão identifica casos suspeitos de hanseníase em Olinda

Publicado em: 06/02/2019 17:13 Atualizado em: 06/02/2019 17:15

Crédito: Alcione Ferreira/DP
Crédito: Alcione Ferreira/DP
Começou, nesta quarta-feira (6) um mutirão para identificação de casos suspeitos de hanseníase em Olinda. O serviço começou pelas ruas e áreas ribeirinhas do Rio Beberibe, em Peixinhos. A ação contou com a participação de profissionais da equipe 1 da unidade Programa Saúde da Família Cohab/Peixinhos. O grupo fez um porta a porta educativo e preventivo na localidade. A campanha prossegue até o próximo dia 26.

O trabalho de promoção e conscientização sobre a doença tem como objetivo identificar pessoas com sinais e sintomas (manchas na pele) e iniciar o tratamento. Essa campanha está sob o comando da Coordenação de Hanseníase do município. A ação de enfretamento da hanseníase envolve a participação de agentes comunitários de saúde, endemias, profissionais do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) e da Unidade de Atenção Básica.

Segundo o gerente da equipe do PSF, o enfermeiro Vagner Belmont, três pessoas de Peixinhos foram identificadas com manchas suspeitas e encaminhadas ao médico no intuito de fechar diagnóstico e iniciar tratamento.

Cronograma de ações
08/02: Rio Doce V equipe II (demanda espontânea); 
11/02: Sapucaia II e III (demanda espontânea) / Jardim Fragoso I (Horário estendido); 13/02: Alto da Mina (demanda espontânea)/ 7° RO (demanda espontânea);
18/02: Alto Nova Olinda (demanda espontânea)
26/02: Azeitona equipe II (demanda espontânea).


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.