Saúde Ação educativa de prevenção da gravidez na adolescência acontece no Recife

Publicado em: 31/01/2019 15:24 Atualizado em: 31/01/2019 15:34

Em 2018, 13,4% das gestantes que realizaram partos nas maternidades públicas do Recife eram adolescentes. Foto: Andréa Rêgo Barros/Divulgação.
Em 2018, 13,4% das gestantes que realizaram partos nas maternidades públicas do Recife eram adolescentes. Foto: Andréa Rêgo Barros/Divulgação.
Uma ação de abordagem educativa na Estação Central do Metrô do Recife, na área central da cidade, acontece nesta sexta-feira (1º), de 9h às 13h. O trabalho será realizado por profissionais da Atenção Básica da Secretaria de Saúde da Prefeitura do Recife em alusão à primeira Semana Nacional de Prevenção da Gravidez na Adolescência.

Serão distribuídos preservativos femininos e masculinos e lubrificantes, além de material educativo. O objetivo é alertar para os riscos à saúde da mulher e do bebê associados à gravidez precoce, como o aumento da pressão arterial e as crises convulsivas (eclâmpsia e pré-eclâmpsia) na gestante, e prematuridade e baixo peso, nos bebês, além dos cuidados para evitar infecções sexualmente transmissíveis e a Aids.

No Recife, o pré-natal é feito em unidades básicas de saúde. São 170 ao todo, por isso, a importância do acolhimento, aconselhamento e consulta de planejamento reprodutivo. Em 2018, 13,4% das gestantes que realizaram partos nas maternidades públicas da capital pernambucana eram adolescentes. Houve uma queda, já que, em 2015, esse grupo representava 15,8% dos partos.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.