App Quer dançar Frevo? Site mostra a orquestra mais próxima

Publicado em: 24/01/2019 21:31 Atualizado em: 24/01/2019 21:38

Foto: Divulgação/Prefeitura de Olinda.
Foto: Divulgação/Prefeitura de Olinda.

Se é “ao som dos clarins de momo” que “o povo aclama com todo ardor”, nada melhor do que contar com uma ferramenta que permita encontrar a orquestra de Frevo mais perto de você. É isso que o site mapadofrevo.com oferece para os amantes do ritmo mais quente de Olinda e de Pernambuco. Além da localização da sede, o usuário tem acesso ao tamanho do grupo e o contato do responsável. A maioria dos orquestras estão concentradas em Olinda e Recife, mas segue com espaço aberto para novos cadastros.

O criador da página é o engenheiro de software Antonio Aureliano, que já usou a criatividade em outros projetos de temas variados e também para formar o próprio bloco carnavalesco: “O Segura o Tonho”. Há cinco anos, quando tudo estava pronto para ganhar as ruas pela primeira vez, veio o problema.
Foto: Divulgação/Prefeitura de Olinda.
Foto: Divulgação/Prefeitura de Olinda.

“Depois de tudo combinado e faltando dois dias antes do desfile, a orquestra contratada me avisou que não iria chegar no horário, o que adiaria o desfile em quase quatro horas. Depois de muita correria, consegui uma substituta de última hora”, conta Antonio. A partir daí veio a vontade de criar algo que ajudasse os que, assim como ele, amam a nossa tradição.

Mas se depender de Aureliano, as orquestras vão fazer vibrar os corações durante todo o ano. O site poderá ser consultado em outras épocas do ano além do carnaval, para a realização de casamentos, aniversários e outras festividades.

Para novos cadastros é preciso enviar um e-mail para contato@mapadofrevo.com., com informações como nome da orquestra, localidade, contato (seja telefone ou email), tamanho do grupo (ex: de 10 a 60), blocos que a orquestra participa e links de vídeos da orquestra (no youtube, por exemplo). A publicação ocorre em até 48 horas. 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.