Digitalização Pré-cadastro de agremiações para carnaval do Recife 2019 vai mudar Os serviços serão digitalizados. Um pré-cadastro poderá ser efetuado no site da Prefeitura do Recife

Publicado em: 14/01/2019 15:07 Atualizado em: 14/01/2019 15:20

Os blocos poderão ter autorização para sair no período pré-carnavalesco, durante e após o carnaval. Foto: Thalyta Tavares/Esp.DP.
Os blocos poderão ter autorização para sair no período pré-carnavalesco, durante e após o carnaval. Foto: Thalyta Tavares/Esp.DP.
O cadastro das agremiações para o carnaval do Recife 2019 mudou. Pela primeira vez, os responsáveis pelos blocos não irão precisar ir até a Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb) e a Secretaria de Meio Ambiente para dar entrada no plano de limpeza e na autorização do uso sonoro. Quem for instalar camarote também tem novas regras e não precisará mais ir até a Regional Centro-Oeste para se cadastrar. Os serviços serão digitalizados. Um pré-cadastro poderá ser efetuado no site da Prefeitura do Recife, para que todos os órgãos tenham acesso aos dados das agremiações e camarotes.

O procedimento poderá começar a ser efetuado a partir da próxima terça-feira (15) e seguirá até o dia 15 de fevereiro. Os blocos poderão ter autorização para sair no período pré-carnavalesco, que começa no dia 20 de janeiro, passando o carnaval, até o dia 17 de março, quando encerra a semana pós. Os interessados devem preencher os campos com informações obrigatórias como nome do bloco, percurso, tempo estimado para o evento e outros. Como nos anos anteriores, haverá horário limite para desfile dos blocos e agremiações.

Camarotes

No caso dos camarotes, é necessário apresentar o protocolo de solicitaçao de Regularidade do Corpo de Bombeiros; anotação de responsabilidade técnica do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea) ou Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU), referente à instalação dos equipamentos; de responsabilidade pelas instalações elétricas e/ou gerador e atestando a habitabilidade; higiene e segurança estrutural do imóvel. 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.