Crime Homem é preso após matar dois enteados de 13 e 11 anos em Moreno Ele tentou abusar sexualmente da menina de 13 anos, o irmão foi defender e acabaram assassinados

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 03/01/2019 12:11 Atualizado em: 06/01/2019 10:25

Um homem de 28 anos foi preso nesta quinta-feira (3) após assassinar a facadas dois enteados menores idade em Moreno, na Região Metropolitana do Recife. As crianças tinham 13 e 11 anos e estavam dentro de casa, quando foram mortas. Segundo a Polícia, o padrasto Robson José dos Prazeres teria chegado em casa com sinais de embriaguez e tentou estuprar a enteada de 13 anos. O irmão da garota, de 11 anos, tentou impedir, mas os dois acabaram mortos a golpe de faca. O crime aconteceu na Vila Holandeza, por volta das 5h desta quinta.  

O crime foi presenciado por uma terceira criança de 9 anos, que é filho do acusado. A mãe das crianças estava fora de casa, cuidando de um parente idoso. "Eu estava na casa do meu tio, que é cadeirante e quando já estava indo para casa, recebi uma ligação da minha sogra avisando que o filho dela tinha matado meus dois filhos. Eu fiquei sem entender nada. Meus filhos era tudo que tinha na minha vida. Minha filha sonhava ser advogada", contou a dona de casa Jéssica Nascimento, mãe das crianças. Segunda ela, o ex-companheiro costumava agredí-la. "Ele me batia, mas nunca pensei que fosse fazer uma maldade dessas com meus filhos", disse a mulher. Por conta dos problemas com Robson, Jéssica chegou a registrar queixa na polícia. Ele estava com medida protetiva pela Lei Maria da Penha. "Ele dizia que se não fosse dele, não seria de ninguém", conta Jéssica, que já planejava ir embora para São Paulo com os filhos para fugir da violência.

Antes de ser preso, Robson José dos Prazeres foi agredido por outros moradores da região e, com a chegada da viatura, foi levado à Delegacia de Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes. A Polícia informou que o homem já possuia antecedentes criminais por prática de assalto. Robson está na delegacia, bastante drogado, e por isso, adormeceu na cela. A Polícia aguarda ele acordar para autuá-lo em flagrante por tentativa de estupro e duplo homícidio. 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.