feminicídio TJPE mantém prisão do acusado de provocar acidente, matando ex-esposa Caso aconteceu em novembro, na Rua Fernandes Vieira, no bairro de Boa Vista, no Centro do Recife. Guilherme José bateu o carro em alta velocidade numa árvore. Ele é acusado de Feminicídio

Publicado em: 18/12/2018 16:26 Atualizado em: 18/12/2018 16:40

Acidente aconteceu na Rua Fernandes Vieira, Centro do Recife - Foto: Ricardo Fernandes/DP/D.A Press
Acidente aconteceu na Rua Fernandes Vieira, Centro do Recife - Foto: Ricardo Fernandes/DP/D.A Press
O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) decidiu por unanimidade, manter preso Guilherme José de Lira Santos, acusado de crime de Feminicídio, após provocar um acidente de carro para matar a ex-esposa, em novembro deste ano. 

A sessão da 1ª Câmara Criminal do TJPE durou das 15h10 às 15h40, desta terça-feira. Os desembargadores Fausto Campos, relator do voto; Mauro Alencar, presidente convocado para a Câmara; e Antônio Carlos, magistrado também convocado, negaram o Habeas Corpus impetrado em favor do acusado. 

Crime
Segundo as investigações da Polícia Civil, Guilherme José de Lira Santos, de 47 anos, bateu o carro em que o casal estava numa árvore. O caso aconteceu no dia 4 de novembro, na Rua Fernandes Vieira, no bairro de Boa Vista, no Centro do Recife. No momento do acidente, o carro estava em alta velocidade e a vítima, Patrícia Cristina Araújo Santos, 46, estava sem cinto de segurança.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.