Oportunidade Reeducando de Pernambuco conquista prêmio de Redação da Defensoria Pública da União Breno Franklin foi o melhor de Pernambuco e escreveu sobre 'Promoção dos Direitos Humanos e Garantia de acesso à Justiça'

Publicado em: 17/12/2018 10:52 Atualizado em: 17/12/2018 11:02

Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação
Apaixonado por língua portuguesa, Breno Franklin Omena, 45 anos, cumpre pena no Centro de Ressocialização do Agreste (CRA), no município de Canhotinho, unidade prisional vinculada à Secretaria Executiva de Ressocialização. Ele conseguiu a maior nota entre os reeducandos de Pernambuco que participaram do 4º Concurso de Redação da Defensoria Pública da União,  99, 948. O certame, aberto a todas as escolas do sistema prisional, ocorreu em outubro deste ano e contou com a participação de apenados das 27 unidades federativas do país.      

Breno cursa o primeiro ano do ensino médio na Escola Estadual Monsenhor Adelmar da Mota Valença, que funciona dentro do CRA, na turma do Ensino de Jovens e Adultos (EJA), juntamente com outros 40 reeducandos. Doze enviaram  redação para o concurso, cujo tema foi  Promoção dos Direitos Humanos e Garantia de acesso à Justiça. “Durante  dois meses, o tema foi discutido em sala de aula, para facilitar a compreensão dos participantes, explica Joseildo Alves, coordenador da escola. 

Para o ganhador do prêmio, que escreveu uma média de 30 linhas, a promoção dos direitos humanos é importante não só para quem está no sistema prisional, mas também para as pessoas em liberdade. “Os direitos são muito cerceados e as políticas públicas precisam levar direitos à sociedade”, afirmou Breno, que também  fez este ano o Enem para pessoas privadas de liberdade. 

No Concurso de Redação também foram contemplados:  Jeizon Alberto da Silva, em segundo lugar, e Cleiton Mendonça, em terceiro, ambos do Presídio de Vitória de Santo Antão. A data da premiação ainda será definida pela Defensoria Pública da União.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.