Trânsito Campanha 'Turma do Fom-Fom na Ilha' em Fernando de Noronha Técnicos da Coordenadoria de Educação de Trânsito também estiveram na escola do arquipélago

Publicado em: 10/12/2018 14:38 Atualizado em: 10/12/2018 14:45

Diante do aumento de turistas na Ilha de Fernando de Noronha durante as festividades de fim de ano e réveillon, o Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) promoveu a campanha educativa "A Turma do Fom-Fom na Ilha". 

Ténicos da Coordenadoria de Educação de Trânsito realizaram ações educativas nos bares com a entrega de medalhas para premiar os amigos da vez, squeeze, bafômetros descartáveis, distribuição de panfletos, em português e inglês, esclarecendo valores e punições, e quem participar das brincadeiras, recebeu uma foto polaroide. Além disso, as escolas Bem Me Quer e Arquipélago receberam a visita dos educadores de trânsito e da Turma do Fom-Fom com o teatro de fantoches.
Imagem: Divulgação/Detran-PE
Imagem: Divulgação/Detran-PE

Na blitz educativa foram abordados veículos e condutores, onde foi entregue material educativo com objetivo de chamar a atenção para o alto índice de acidentes e vítimas no trânsito ocasionados pela mistura fatal de álcool e direção; o não uso do cinto de segurança; o uso do celular ao conduzir o veículo e excesso de velocidade; além de alertar e promover discussões sobre os cuidados no trânsito, conscientização do motorista a ser mais responsável e que dirija com segurança. Já quem estava chegando na ilha pelo Aeroporto, a Turma do Fom-Fom, que de forma alegre, alertou para os perigos no trânsito.

Com o objetivo de alertar os motociclistas para os elevados números de acidentes envolvendo motociclistas em Pernambuco, palestra são ministradas com dicas sobre boa conduta, segurança no trânsito e as medidas que podem ser tomadas para evitar riscos a própria vida no trânsito serão dadas especificamente para os motociclistas da ilha.  

Segundo o Diretor Presidente do DETRAN-PE, Charles Ribeiro, frentes de atuações estão sendo ampliadas para atingir crianças, adolescentes, jovens e adultos, com o intuito exclusivo de reduzir consideravelmente o número de acidentes no estado. “Muitos condutores já assimilaram a importância de se precaver, mas, infelizmente, uma parcela ainda insiste em descumprir a Lei e o fazem de forma deliberada, cientes que colocam em risco não apenas a própria vida, mas também a vida de outras pessoas. Por isso, estamos com essa campanha na Ilha de Fernando de Noronha, usando as atividades educativas para trabalhar desde a base, com as crianças, até o público mais adulto, alertando a população para que curtam as festas tranquilos”, enfatizou Ribeiro. 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.