Nesta segunda Profissionais de saúde fecham a Av. Agamenon Magalhães pela quarta vez Os enfermeiros, técnicos de enfermagem, nutricionistas, assistentes sociais e técnicos em radiologia denunciam que estão há cinco meses sem receber

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 10/12/2018 09:41 Atualizado em: 10/12/2018 11:03

Foto: Reprodução/Whatsapp
Foto: Reprodução/Whatsapp
Pela quarta vez em um intervalo de uma semana, profissionais da área de saúde fazem protesto na Avenida Agamenon Magalhães, no bairro do Derby, para denunciar o atraso de pagamento de salários. Com faixas e cartazes, um grupo interditou a via no cruzamento da Rua Joaquim Nabuco. Motoristas têm dificuldade para transitar, principalmente no sentido Olinda/Recife. 

Os enfermeiros, técnicos de enfermagem, nutricionistas, assistentes sociais e técnicos em radiologia denunciam que estão há cinco meses sem receber. O grupo trabalha em regime de escala nos hospitais estaduais. Segundo eles, desde agosto não recebem os salários. Essa semana, já o terceiro protesto promovido pelo grupo, que inclusive já chegou a ir até a sede da Secretaria Estadual de Saúde, no bairro do Bongi. 

Na semana passada, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) informou que está trabalhando para fazer o pagamento do mês de setembro e dos subsequentes dos profissionais que atuam como pessoa física no Hospital da Restauração. É importante destacar que esse tipo de repasse requer uma apuração mais detalhada do serviço prestado, com análise e auditoria nas informações para evitar inconformidades nos pagamentos. Geralmente, o repasse é feito após 60 dias do período trabalhado, tempo necessário para fazer todas as análises.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.