Neste sábado Parceria entre Ameciclo e Murillo La Greca levará partidas de bike polo à Vila Vintém Dia do ciclista será comemorado com atividades dentro da Programação do Projeto Cine Jardim

Publicado em: 07/12/2018 11:10 Atualizado em: 07/12/2018 11:16

Imagem: Damião Santana/Divulgação
Imagem: Damião Santana/Divulgação

Neste sábado (8), Dia do Ciclista, a Associação Metropolitana de Ciclistas do Recife - Ameciclo será parceira do Museu Murillo la Greca na realização de uma série de atividades dentro da programação do Projeto Cine Jardim, promovido pelo museu nas suas instalações e adjacências, no Parnamirim. A ideia é promover ações que dialoguem com os ciclistas do entorno do museu, além de conscientizar sobre as relações entre as bicicletas, as pessoas e a cidade.
 
Na parceria, a partir das 15h, haverá a Oficina Comunitária, com a oferta de aplicação e serviço de manutenção gratuitos de freios e de itens de segurança em bicicletas, em especial, para a comunidade da Vila do Vintém, vizinha ao Museu. A Oficina será montada na Estação La Greca, situada na margem do Rio Capibaribe, em frente ao Museu.
 
Também a partir das 15h, até as 17h, o grupo BiciPolo Recife realizará partidas de bike polo na Quadra da Vila Vintém, uma espécie de polo sobre bike. As inscrições poderão ser feitas na hora, com a formação de equipe para as partidas de doze minutos de duração.
 
Por fim, a terceira atividade será o lançamento dos livros Bicicleta Verde e Bicicleta Branca, de Igor Colares, com ilustrações respectivamente de Luciano Félix e Carlos Varejão, a partir das 16h, no próprio museu. Os livros, junto ao livro Bicicleta Amarela, de 2016, formam uma trilogia de publicações que exercitam o olhar sobre a bicicleta.
 
Sobre a Ameciclo
A Associação Metropolitana de Ciclistas do Recife tem como principais eixos de ação o fomento ao uso de bicicletas e a democratização das vias públicas. Nesses termos, pretende atuar politicamente por meio de atividades educacionais, desportivas e culturais em um único mosaico cuja prioridade é a conscientização do caráter público do tecido urbano e a necessidade de humanizá-lo por meio da convivência pacífica entre as diferentes modalidades de transporte.
 
Confira detalhes de cada uma das atividades:
 
15h - OFICINA COMUNITÁRIA
Tem por objetivo realizar a aplicação gratuita de freio e demais equipamentos de segurança nas bicicletas de quem geralmente não têm recursos para fazer a manutenção regular das magrelas.
 
SERVIÇO
Oficina Comunitária
Data: 08 de dezembro, das 15h às 17h
Local: Estação La Greca, em frente ao Museu
Detalhes: Serão distribuídas 30 senhas e serão atendidas por ordem de chegada.
 
 
15h/17h - PARTIDAS DE BIKE POLO
O Bike Polo, ou Bicipolo, é uma versão do polo que utiliza bicicletas no lugar de cavalos. O esporte foi criado na Irlanda no fim do século XIX, quando se difundiu utilizar bicicletas para poupar os cavalos durante os treinos. No início do século XX, o esporte foi tão difundido que teve participação nas Olimpíadas de Londres em 1908, na qual a Irlanda venceu a Alemanha por 3x1 na grande final.
 
No final da década de 1990, nos Estados Unidos, surgiu uma nova versão, conhecida como Hardcourt Bike Polo. Os "bike messengers" (uma espécie de "motoboys de bicicleta") adaptaram o jogo ao cotidiano da cidade grande nas horas de descanso e almoço. Posicionaram traves de gols de hockey em quadras públicas, pátios de praças e estacionamentos e, sobre suas bicicletas, começaram a jogar entre si um novo e divertido esporte.
 
Atualmente os melhores jogadores de bike polo estão concentrados nos Estados Unidos e na Europa, mas o Brasil já faz parte do cenário mundial. Entretanto, apesar do bike polo ser um esporte de acessível e de grandes benefícios, os times e campeonatos de no Brasil ainda estão concentrados nas regiões Sul e Sudeste.
 
Na capital pernambucana, o Bike Polo Recife é composto por 15 jovens de 25 a 35 anos de diversas áreas profissionais que se encontram semanalmente para jogar bicipolo em quadras públicas com infraestrutura precária. Apesar das dificuldades, a utilização da bicicleta como meio de transporte diário une este grupo que treina desde julho de 2017.
 
SERVIÇO
Partidas de Bike Polo
Data: 08 de dezembro, das 15h às 17h
Local: Quadra da Vila Vintém, Parnamirim
Detalhes: Partidas de 12 minutos; formação de equipes a cada 3 pessoas, na hora dos jogos; participação de qualquer ciclista, de preferência com calçado fechado e capacete próprio (caso não tenha, haverá capacetes do grupos disponíveis)
 
16h - LANÇAMENTO DOS LIVROS BICICLETA VERDE E BICICLETA BRANCA
Bicicleta Verde e Bicicleta Branca são dois livros escritos por Igor Colares (associado da Ameciclo - Associação Metropolitana de Ciclistas do Recife), com ilustrações respectivamente de Luciano Félix e Carlos Varejão, e foram produzidos pela Ameciclo e Fluxo Studio, com patrocínio do Itaú.
 
Os livros se juntam a outro do mesmo autor, Bicicleta Amarela, com ilustrações de Beto França, lançado em 2016 e completam uma trilogia de livros que exercita o olhar sobre a bicicleta. As narrativas oferecem um olhar emotivo e engajado sobre as possibilidades de meio de transporte e suas políticas públicas.
 
Bicicleta Verde é infantil e toca no assunto do meio ambiente. A história se passa em um mundo ficcional, onde os automóveis tomam mais espaço do que deveriam. As ilustrações são de Luciano Félix, premiado cartunista, e dialogam muito bem com o texto de Igor Colares.
 
Bicicleta Branca não é infantil e conta a história de uma ghost bike (bicicletas brancas colocadas em pontos onde ocorreram atropelamentos de ciclistas como uma espécie de memorial para lembrar suas mortes), com leitura recomendada a partir dos 12 anos. É um livro ilustrado que reflete sobre o valor da vida. O texto forte recebeu as ilustrações realistas de Carlos Varejão.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.