TECNOLOGIA Recife recebe evento gratuito sobre segurança digital. Conheça a CriptoFesta Com o tema 'Privacidade e Democracia em Tempos de CiberGuerra', encontro conta com uma programação diversificada ao longo deste sábado

Por: Júlia Galvão

Publicado em: 09/11/2018 10:03 Atualizado em: 09/11/2018 10:36

Palestra na CriptoRave, edição de São Paulo. Foto: Divulgação
Palestra na CriptoRave, edição de São Paulo. Foto: Divulgação
Eleições impulsionadas pelo WhatsApp, robôs que multiplicam informações, segurança de dados, disseminação de notícias falsas, ativismo nas redes. Estes assuntos entraram definitivamente na discussão dos brasileiros. Pegando carona nesses fenômenos da nova era da informação, o Recife vai receber neste sábado a primeira edição da CriptoFesta, abordando o tema 'Privacidade e Democracia em Tempos de CiberGuerra'. O evento será realizado a partir das 10h, no Serviço Integrado de Saúde da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

A proposta do encontro é abrigar uma programação diversificada, gratuita e ininterrupta por 12 horas. Na grade, oficinas, palestras, apresentações, mostras audiovisuais, bar, loja e performances a fim de proporcionar um espaço de diversão e troca de informações sobre segurança digital.

As atividades são organizadas a partir de quatro linhas temáticas: Tecnopolíticas - democracia, relações de poder e dimensões sociais da internet; Gambiarras - softwares livres, técnicas e ferramentas seguras; Cibersiririca - feminismo, mobilizações e ativismo de gênero nas redes e Close - arte, música, cinema e provocações na esfera tecnológica. 

O pesquisador do IP.Rec (Instituto de Pesquisa em Direito e Tecnologia do Recife) e um dos organizadores desta edição, André Ramiro, explica a importância de trazer o modelo de encontro à cidade. 'Recife é pólo tecnológico reconhecido nacionalmente. Acontece que, às vezes, a conectividade e o uso de tecnologias é mais festivo do que feito de forma crítica', ressalta. Sobre o público, André defende que o evento procura empoderar toda a sociedade e, principalmente, àquelas pessoas interessadas em construir uma rede baseada em liberdades: 'Todo mundo é responsável por essa construção'. 

O encerramento será a partir das 20h com as performances MIOCÁRDIO, de Sofia Galvão, e Geometrias Incongruentes, de Luiz Manuel, no bar Pimenta Rosa, bairro do Cordeiro. No espaço, também se apresentam os artistas André Antônio (Hypnos), MRXC (Extasia) e os DJs SóSucessos 1, 2 e 3. 

Iniciativa 

Com o objetivo de difundir ideias e ferramentas que possam assegurar a privacidade no ambiente tecnológico, a CriptoFesta Recife é inspirada na ação global e descentralizada das Cryptoparties, que acontecem em centenas de cidades do mundo.

Entre as organizações participantes, estão o Intervozes-Coletivo Brasil de Comunicação Social, o IP-Rec (Instituto Pernambucano de Pesquisa em Direito e Tecnologia), a Escola de Ativismo e a Rádio Aconchego, além do apoio do SIS, que é um espaço gerido pela comunidade de usuários, Prefeitura do Recife e UFPE.

Serviço

CriptoFesta Recife
Palestras, oficinas e debates
Sábado (10), a partir das 10h
Local: SIS-UFPE - Rua Lindolfo Collor, 65, Engenho do Meio
Performances, DJs e programação festiva
A partir das 20h
Local: Bar Pimenta Rosa - Rua Doutor Miguel Ferreira, 520, Cordeiro


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.