Transporte Votação do substitutivo ao projeto de lei que trata da regulamentação de aplicativos é adiada para amanhã Inconformados com o adiamento, taxistas protestaram na frente da câmara. Os motoristas estacionaram os carros em filas e alguns deles deitaram na pista

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 06/11/2018 14:36 Atualizado em: 06/11/2018 16:04

Foto: Nando Chiappetta/ Esp. DP
Foto: Nando Chiappetta/ Esp. DP
A votação do substitutivo ao projeto de lei que trata da regulamentação de aplicativos, marcada para esta terça-feira (6), foi adiada para a amanhã (7), na Câmara de Vereadores do Recife. A suspensão da votação e adiamento foi motivada por questões de saúde envolvendo o presidente da Câmara Municipal do Recife, vereador Eduardo Marques (PSB). 

O projeto de lei do Executivo número 11/2018  dispõe sobre a utilização intensiva do sistema viário para o transporte remunerado individual privado de passageiros intermediado por plataformas digitais no município. Inconformados com o adiamento, taxistas protestaram na frente da câmara. Os motoristas estacionaram o carros em filas e alguns deles deitaram na pista.

O presidente da câmara Eduardo Marques deu entrada na manhã desta terça-feira (6) em um hospital do Recife, com pico hipertensivo e está com a recomendação médica de ficar em observação na unidade de saúde até o final do dia. 

O presidente entende que a votação dessa proposição é de suma importância para a cidade do Recife. Por isso, acredita ser imprescindível a presença de todos os vereadores e vereadoras para participar desse importante debate. 

Durante toda a manhã, os seus assessores fizeram contatos para informar que a votação do substitutivo ao projeto de lei será realizada nesta quarta-feira, tendo em vista que ele está impossibilitado, por ordens médicas, de conduzir os trabalhos.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.