Dinamite Ladrões explodem a agência da CEF de Vitória de Santo Antão A ação foi filmada pelas câmeras do circuito interno de segurança do banco

Publicado em: 01/11/2018 08:06 Atualizado em: 01/11/2018 09:11

Imagem: SindBancários/Divulgação
Imagem: SindBancários/Divulgação

Ladrões explodiram na madrugada desta quinta-feira (1°) a agência da Caixa Econômica Federal de Vitória de Santo Antão, a 53 quilômetros do Recife. A explosão foi registrada pelas câmeras do circuito interno de segurança do banco e devem auxiliar na investigação da polícia para identificar e prender os autores da ação criminosa. A gravação mostra o momento em que dois assaltantes entra no setor de autoatendimento e instala os explosivos dentro de dois caixas eletrônicos e em seguida acionam o detonador. O impacto da explosão, deixou a estrutura do prédio completamente danificada. 

A explosão ocorreu por volta das 3h30 desta quinta. Segundo a Polícia MIlitar, o batalhão responsável pelo policiamento da cidade recebeu a informação de que havia um carro em atitude suspeita parado em frente à agência bancária. Os PMs chegaram a ir ao banco para verificar a movimentação estranha, mas quando chegaram ao local, os suspeitos fugiram. 

O grupo teria seguido em direção à cidade de Pombos, no Agreste. Para dificultar a ação dos policiais, os assaltantes espalharam grampos na saída de acesso à rodovia e duas viaturas da PM terminaram com pneus furados. A PM não sabe o quanto os assaltantes conseguiram levar em dinheiro. A agência bancária foi isolada e deverá passar por uma perícia do Instituto de Criminalística e da Polícia Federal.

Segundo o Sindicato dos Bancários de Pernambuco, este ano, já foram registradas 168 ocorrências envolvendo bancos. Desse total, 61 foram explosões, 42 arrombamentos, 36 assaltos, 24 crimes de estelionato, três sequestros e duas invasões. A maioria dos crimes ocorreu na região do Agreste (72), seguido da Região Metropolitana (36), Sertão (34) e Zona da Mata (24). 





Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.