igualdade racial 12ª Caminhada de Terreiros marca abertura do Mês da Consciência Negra Novembro é marcado pela realização de diversas atividades em prol da igualdade racial e enfrentamento ao racismo

Publicado em: 31/10/2018 17:57 Atualizado em:

Foto: Rafael Martins/DP
Foto: Rafael Martins/DP
Nesta quinta-feira (1º), acontece o 12º Caminhada de Terreiros de Pernambuco, que celebrará também a abertura do Mês da Consciência Negra. O cortejo terá início às 16h, com saída da Praça do Marco Zero. 

Em Pernambuco, o Mês da Consciência Negra tem o objetivo de estimular o maior número de municípios do estado a realizar a criação de organismos e conselhos voltados à temática da Igualdade Racial. Este ano, o tema das ações do mês de novembro será "Pernambuco no Desenvolvimento de Políticas Públicas para a Efetivação da Igualdade Racial". 

A Caminhada é realizada pela Secretaria Executiva de Segmentos Sociais (SESES), vinculada à Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH). 

Enfrentamento
A coordenadoria de Igualdade Racial trabalha interligada a outras secretarias do Estado e órgãos municipais nas ações de promoção da política e enfrentamento ao racismo. Contudo, é através da Ouvidoria da SJDH que a população tem acesso direto para denunciar violações relacionadas a questões de raça ou demais formas de preconceito.

Dados da Ouvidoria mostram que em 2017 houve duas denúncias relacionadas à intolerância religiosa ou ao preconceito/racismo. Já este ano, o mês de novembro inicia com 29 registros. "Isso mostra que a ferramenta está sendo utilizada pela população, para nós, é mais um ganho, pois é por meio das denúncias que podemos fazer os encaminhamentos necessários e identificarmos formas de combate e de ação dos mecanismos do governo para enfrentar este tipo de violação", explica Moura.

Serviço
Secretaria Executiva de Segmentos Sociais

End.: Praça do Arsenal da Marinha, s/n, Bairro do Recife

Telefone: 3182-7642

Ouvidoria SJDH

End.: Praça do Arsenal da Marinha, s/n, Bairro do Recife

Telefone: 3182-7607 / 3182-7613


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.