campanha Campanha do Pão Solidário destina dinheiro para hospitais e maternidades públicas de Pernambuco A iniciativa aconteceu nessa quarta-feira e a expectativa era apurar R$ 100 mil com a venda de mais de 12 mil quilos de pão

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 31/10/2018 08:07 Atualizado em:

Dinheiro da campanha vai para hospitais públicos. Foto: Reprodução/Pixabay
Dinheiro da campanha vai para hospitais públicos. Foto: Reprodução/Pixabay
Uma ação chamada Pão Solidário, promovida por duas empresas privadas do estado, vai destinar o dinheiro obtido com a venda do alimento em compra de equipamentos para sete hospitais e maternidades públicas de Pernambuco. A iniciativa aconteceu ontem e a expectativa era apurar R$ 100 mil com a venda de mais de 12 mil quilos de pão.

A campanha é feita pelo supermercado Arco-Mix, com apoio da indústria de pães e massas congeladas PanCristal, que fez a doação dos pães que foram comercializados. O produto foi vendido dentro dos estabelecimentos do Arco-Mix. As sete unidades de saúde a serem beneficiadas também venderam vouchers, ou seja, recibos de pré-venda para serem usados ontem, no dia da ação. A loja de Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes, ficou repleta de clientes ao longo do dia. Houve até fila para comprar o pão. O mesmo movimento intenso aconteceu no mercado localizado em Camaragibe. As instituições beneficiadas este ano com a doação de equipamentos são o Hospital de Pediatria Helena Moura (poltrona para acompanhante); Hospital e Maternidade Abreu e Lima (máquina de fototerapia); Maternidade Amiga da Família (cama cirúrgica para parto normal); Hospital Octávio de Freitas (processadora de filme de raio X); Hospital Carozita Brito (cadeiras de rodas e macas); Hospital Geral de Prazeres (aparelho de ultrasom); e Hospital Infantil do Cabo (monitor de sinais vitais). 

No ano passado, mais de R$ 60 mil foram arrecadados com a campanha. Com a doação, o Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip) conseguiu comprar uma máquina de visualização de veias (Vein Viewer), além de seis televisores para as salas de espera.
 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.