Polícia Idoso é preso acusado de furtar prédios em Boa Viagem Suspeito se aproveitava de um descuido na portaria dos condomínios para entrar pela garagem e arrombava os apartamentos usando uma chave de fenda

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 26/10/2018 11:42 Atualizado em: 26/10/2018 12:21

Imagem: PCPE/Divulgação
Imagem: PCPE/Divulgação

A Polícia prendeu em flagrante um idoso de 61 anos que furtava apartamentos na Zona Sul do Recife. Marcos Antônio dos Santos foi pego quando tentava abrir, com uma chave de fendas, a porta de um apartamento no bairro de Setúbal. Com uma extensa histórico de furtos, o suspeito aparece nas imagens do circuito de segurança do condomínio, que foram apresentadas nesta sexta-feira pela Delegacia de Boa Viagem. Segundo a Polícia, o idoso seria um ex-presidiário do estado. 

De acordo com o delegado Ramon Teixeira, titular da Delegacia de Boa Viagem, os crimes praticados pelo idoso vinham sendo investigados desde o início deste mês. "Registramos uma ocorrência na delegacia, e a partir disso, fomos apurar o caso. Ainda não tínhamos identificado o indivíduo, mas sabíamos o modo dele operar", explicou o delegado.
 
Os policiais da delegacia de Boa Viagem conversaram com vários moradores do bairro e conseguiram então as características físicas do suspeito, que terminou preso em flagrante na última quinta-feira (25), durante mais uma tentativa de furto. "Ele foi identificado pelo zelador e pelos moradores do prédio, que acionaram a gente", comentou.

Segundo a Polícia, o suspeito se aproveitava de falhas na segurança dos condomínios para conseguir entrar por uma brecha do portão da garagem na hora em que a passagem era acionada para alguém entrar ou sair. O alvo dos furtos eram joias, aparelhos eletrônicos e dinheiro. O suspeito costumava furtar os objetos e para sair do prédio escondia tudo dentro de uma mochila. Agora, a Polícia Civil está investigando se o idoso agia sozinho ou contava com a ajuda de mais alguém. 





Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.