Violência Briga entre presos deixa dois mortos e dois feridos na Barreto Campelo Segundo presidente Serviço Ecumênico de Militância nas Prisões (Sempri), Vilma Melo, superlotação e facilidade para circulação de armas teriam contribuído para tumulto nesta quarta

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 24/10/2018 23:15 Atualizado em: 25/10/2018 09:02

Foto: Brenda Alcantara/DP
Foto: Brenda Alcantara/DP
Um tumulto teria ocasionado a morte de dois presos e deixado outros dois feridos na penitenciária Barreto Campelo. localizada na Ilha de Itamaracá, Litoral Norte de Pernambuco, na noite desta quarta-feira (24).  As informações preliminares foram dadas pela presidente Serviço Ecumênico de Militância nas Prisões (Sempri), Vilma Melo.   

A presidente da Sempri, afirmou que a superlotação no presídio e a facilidade com que armas de fogo circulam no presídio contribuiram para o cenário de brigas e tumultos que aconteceram nesta quarta. "Hoje, proximo as 18h, recebi informação de que estava acontecendo um conflito dentro da penitenciaria professor barreto campelo em itamaracá, a situação era preso atirando em preso", afirmou Vilma.

Ela aproveitou para relembrar dados, repassados pela Secretaria Executiva de Ressocialização (SERES) que mostram que em todo o estado de Pernambuco existem cerca de 32.300 presos para 11 mil e 812 vagas. "Dentro desse contexto temos um sucateamento da questão da segurança pública. Além de uma baixa quantidade de agentes penitenciários e fragilidade nas guaritas que nem sempre todas estao funcionando", denuncia Vilma.

O Diario entrou em contato com a SERES e até o momento não obteve êxito. Não há informações sobre fuga de presos na unidade


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.