Tráfico de drogas Catarinense é preso em flagrante com 2,1 quilos de cocaína no Aeroporto do Recife Motorista de 28 anos tentava embarcar com o entorpecente para Lisboa com a droga escondida em um fundo falso de uma mala

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 24/10/2018 15:01 Atualizado em: 24/10/2018 15:10

Mala estava com um fundo falso. Foto: PF/Divulgação
Mala estava com um fundo falso. Foto: PF/Divulgação

A Polícia Federal em Pernambuco, prendeu em flagrante, às 22h da última terça-feira (23), um catarinente de 28 anos, natural de Florianópolis, que tentava embarcar com 2,1 quilos de cocaína num voo internacional, no Aeroporto do Recife. Bruno de Oliveira, que declarou trabalhar como motorista, estava acompanhado de uma paraguia e seguia para Lisboa, em Portugal, quando foram abordados pelos agentes federais. Ao verificar as bagagens no raio X, os policiais perceberam que a mala do suspeito tinha um fundo falso, com duas placas estranhas de formato irregular. 

Quando a mala foi aberta, os policiais encontraram dois pacotes com substância branca, que ao passar pelo exame de narcoteste resultou positivo para cocaína. Segundo a PF, Bruno estava acompanhado da mulher justamente para tentar despistar a fiscalização. 

Em depoimento na sede da PF, o suspeito declarou que trabalha com um aplicativo de veículo e precisou fazer um conserto no carro e pegou R$ 7 mil emprestado com agiotas. Sua dívida, no entanto subiu para R$ 15 mil, por isso aceitou a proposta para levar a droga para a Europa, para pagar o que devia. A PF apreendeu com o motorista 2.100 euros, equivalente a aproximadamente R$ 8,9 mil, além de um aparelho celular e as passagens.

Por fim disse, o suspeito disse que a acompanhante paraguaia não sabia que ele estava transportando drogas e que recebeu a mala já pronta em Florianópolis, em Santa Catarina. A Paraguaia foi ouvida e liberada porque não foi comprovada a sua participação com o crime. Bruno teve a prisão preventiva decretada e foi encaminhado para o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima. 

ESTATÍSTICAS
- De acordo com a PF, esta é a nona apreensão de drogas no ano de 2018 realizada no Aeroporto Internacional dos Guararapes. Até agora foram feitas doze prisões (sete mulheres e cinco homens). Foram apreendidos 37,1 quilos de cocaína e 86,5 quilos de Haxixe. Em 2017 foram realizadas 22 prisões (doze homens e dez mulheres) e apreensão de 45,9 quilos de cocaína, 43 quilos de Skunk, 22,8 quilos de Haxixe, 10,4 quilos de metanfetamina e 30 quilos de maconha.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.