Agreste Site da Prefeitura de Passira é hackeado "Estuprem o lixo de pessoa que estuprou a garotinha de 7 anos, matem esse lixo" mostrava a tela do endereço online da prefeitura, que agora passa por reconstrução

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 23/10/2018 15:43 Atualizado em: 23/10/2018 16:39

Foto: Reprodução / Portal Passira
Foto: Reprodução / Portal Passira

O portal da Prefeitura de Passira foi vítima da ação de hacker nesta terça-feira (23). A página apresentou, durante parte da tarde, mensagem contra caso de estupro na cidade, repúdio ao governo e à corrupção. 

"Estuprem o lixo de pessoa que estuprou a garotinha de 7 anos, matem esse lixo" mostrava a tela do endereço online da prefeitura, que agora passa por reconstrução. O invasor faz menção ao caso de violência sexual que aconteceu no município de Passira no último fim de semana. De acordo com a polícia local, uma criança de 7 anos foi abusada por um homem no domingo (21). Após o ocorrido, a menina se queixou de dores nas partes íntimas e foi levada ao hospital por sua mãe, onde constataram lesões. O suspeito, de 49 anos, participou de audiência de custódia e foi encaminhado para o Presídio de Limoeiro.

O restante do recado escrito pelo hacker apresentava críticas à corrupção e ao governo. "Corrupção há tem todo lugar, mas no Brasil corrupção virou cultura politica" dizia o texto. A mensagem foi finalizada com as hashtags #ForaTemer e #AntiGov.

Identificado como  "Vanda The God", o hacker também divulgou sua página no twitter. Nela, o invasor lista os sites que conseguiu atacar, como conquistas, para seus quase dois mil seguidores. Hoje, além da prefeitura, mais dois sites apresentam a assinatura do hacker.

A redação não conseguiu contatar a Prefeitura de Passira até a divulgação desta reportagem.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.