Contrabando Receita Federal apreende 51 iPhones importados de forma ilegal no aeroporto do Recife Produtos estavam com passageiro em voo doméstico e devem ser encaminhados a leilão. Receita acredita que aparelhos vieram do Paraguai.

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 22/10/2018 12:32 Atualizado em: 22/10/2018 12:34

Imagem: Receita Federal/Divulgação
Imagem: Receita Federal/Divulgação

A Receita Federal apreendeu 51 iPhones no Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes - Gilberto Freyre, na Imbiribeira, no Recife. Os aparelhos de celular, avaliados em R$ 200 mil, estavam sendo importados irregularmente e estavam sob posse de um passageiro em um voo doméstico, vindo do aeroporto de Congonhas, em São Paulo. A apreensão foi divulgada nesta segunda (22).

Entre as mercadorias ainda estavam duas unidades de um relógio da mesma marca. A Receita aponta que as mercadorias têm como provável origem o Paraguai.  O passageiro flagrado com os celulares foi liberado e pode sofrer representações fiscais pelo crime de descaminho, cuja pena é de até 4 anos de reclusão.

"O nosso setor de inteligência identificou que esse passageiro estava vindo do Paraguai com alguma mercadoria, mas não sabíamos o que era. Quando fizemos a abordagem no Recife, vimos que eram celulares e relógios. Provavelmente seriam vendidos a preços mais baixos do que os praticados no mercado legal", afirma o delegado da Alfândega do Recife, Carlos Eduardo Oliveira.

LEILÃO - Por serem produtos importados de forma ilegal, os equipamentos serão encaminhados a leilão público e eletrônico para pessoas físicas e jurídicas. De acordo com a Receita, o valor arrecadado deve ser destinado ao pagamento de tributos, à seguridade social e ao Fundo de Desenvolvimento e Aperfeiçoamento da Atividade de Fiscalização (Fundaf).




Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.