Ordem dos Advogados do Brasil Eleição da OAB - PE será disputada por chapa única em 2018 A chapa conta com 78 conselheiros, oito diretores, seis conselheiros federais, cinco diretores da CAAPE. A ideia de Baptista é dar segmento ao trabalho realizado por tem o apoio de Ronnie Preuss Duarte, que comanda a gestão desde 2015.

Por: Anamaria Nascimento

Publicado em: 19/10/2018 17:46 Atualizado em:

A um mês das eleições do novo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Pernambuco (OAB-PE), o advogado Bruno Baptista, inscreveu a chapa "Advocacia Unida, OAB mais forte", que conta com o apoio da atual gestão do órgão. A candidatura foi confirmada na manhã de ontem, na sede do órgão, localizada na rua Imperador Pedro Segundo, no bairro de Santo Antônio, área central do Recife.

Atualmente, Bruno Baptista é presidente da Caixa de Assistência dos Advogados de Pernambuco (CAAPE). Ele integra o cargo desde 2016 e entre suas principais propostas estão o estímulo à carreira de jovens advogados, apoio às mulheres que compõe a OAB e a interiorização do órgão. Algumas ações promovidas pela CAAPE já são voltadas para esses assuntos, como os programas "Meu Primeiro Escritório" e "Escritório Modelo", de incentivo aos novos profissionais.

"Temos três grandes focos quanto à gestão. Primeiro, lutar para fortalecer as prerrogativas do jovem advogado, para que tenham mais oportunidades, segundo é fortalecer a advocacia no interior do estado porque temos essa dificuldade, mas precisamos garantir as mesmas vantagens e benefícios e outro atenção é com relação às políticas voltadas às mulheres advogadas", comentou Baptista.

A chapa conta com 78 conselheiros, oito diretores, seis conselheiros federais, cinco diretores da CAAPE. A ideia de Baptista é dar segmento ao trabalho realizado por tem o apoio de Ronnie Preuss Duarte, que comanda a gestão desde 2015. "Sem dúvida alguma essa foi uma grande gestão que teve visão, organizou a parte administrativa e pretendo dar continuidade às ações de aperfeiçoamento. A OAB é uma construção coletiva e queremos deixá-la ainda mais forte", afirmou advogado. 

De acordo com Duarte, o candidato tem sua confiança para assumir o cargo. "Bruno foi o maior colaborador da nossa gestão. Uma pessoa absolutamente comprometida com as bandeiras da Ordem e é o melhor nome para poder liderar a advocacia nesse próximo triênio que exigirá muito de todos os defensores da democracia", pontuou Duarte.

As eleições ocorrem no dia 19 de novembro. Por conta da proximidade com o segundo turno das Eleições presidenciais, não houve tempo hábil para utilizar as urnas eletrônicas, de acordo com a Comissão Eleitoral do órgão. Por isso, o voto será feito de forma manual. "Além do suporte orientativo e técnico dado em todo processo eleitoral que vem ocorrendo há pelo menos 30 dias, iremos nos reunir em respeito a nesse momento de tanta tensão no Brasil para que a nossa classe dê um exemplo com relação ao respeito às regras e debates", comentou o presidente da Comissão Eleitoral da OAB-PE, Rodrigo Pellegrino de Azevedo.

Na próxima terça-feira (23), haverá um evento organizado pela Comissão Eleitoral da OAB-PE no Plenário Urbano Vitalino Filho, na sede da instituição, para responder consultas, dar orientações e reunir os presidentes das subseccionais e candidatos inscritos. Em parceria com o Instituto de Política da Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), o professor Thales Castro irá ministrar a palestra "Importância do processo eleitoral na democracia brasileira".


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.