Crime Sargento reformado que tentou matar manicure foi preso Erivaldo Santos foi pego no bairro da Mangabeira, Zona Norte do Recife, na tarde da última quinta-feira

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 19/10/2018 10:08 Atualizado em: 19/10/2018 10:20

Renata Sérgio era ex-companheira do militar, com quem tem uma filha de dez anos, e já havia sido vítima de outras agressões. Foto: Marina Curcio/ESP. DP
Renata Sérgio era ex-companheira do militar, com quem tem uma filha de dez anos, e já havia sido vítima de outras agressões. Foto: Marina Curcio/ESP. DP
A Polícia prendeu o sargento reformado Erivaldo Santos, 57 anos, acusado de atirar na manicure Renata Sérgio da Silva, 30, no final do mês de setembro dentro do salão de beleza, onde a vítima trabalhava, no bairro do Parnamirim. O policial militar foi capturado pela própria corporação na tarde da última quinta-feira (18), no bairro da Mangabeira, Zona Norte do Recife. 

Renata Sérgio era ex-companheira do militar com quem tem uma filha de dez anos. Ela já havia sido vítima de outras agressões e estava separada do sargento, que não se conformava com o fim da relação.

No começo da tarde do dia 27 de setembro, ele invadiu o salão onde a manicure trabalhava e atirou nela. Renata foi socorrido inicialmente, no Hospital da Restauração, e depois, transferida para a Restauração, no Derby. Desde que deixou o hospital, ela está sob proteção em uma casa de apoio à múlher vítima de violência. 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.