Crime Mulher que teve corpo queimado por companheiro, morre no HR A vítima estava internada na Unidade de Queimados desde o dia 30 de setembro

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 18/10/2018 10:08 Atualizado em: 18/10/2018 20:08

Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram
Faleceu na tarde desta quarta-feira (17) a dona de casa Carmem Rejane de Almeida, 42, que estava internada na Unidade de Queimados do Hospital da Restauração desde o dia 30 de setembro. Ela teve o corpo queimado pelo companheiro Sidraque Barbosa da Silva, 40, dentro de casa, onde moravam, no bairro do Vasco da Gama, na Zona Norte do Recife. Sidraque também chegou a ficar hospitalizado, dando entrada na unidade no dia 4 deste mês, mas recebeu alta médica na última segunda-feira (15).  

De acordo com a assessoria de comunicação do HR, a mulher teve queimaduras em 40% do corpo. Sofreu lesões no abdômen, nos braços, pernas e em parte do rosto. Faleceu em consequência dos ferimentos. Já o companheiro de Carmem teve teve ferimentos na face, nos braços e pernas, provocados por derivado de petróleo. Algumas das queimaduras, de segundo e terceiro graus.

De acordo com a Polícia Civil, durante o tempo em que esteve internado no HR, Sidraque não ficou sob a escolta da polícia militar porque era período eleitoral, quando a legislação só permite a prisão em flagrante por setença condenatória, o que não foi o caso.  

Segundo a Polícia, no dia do episódio, o casal tinha passado o dia no interior do estado, na cidade de João Alfredo, no Agreste. Ao retornar para o Recife, eles discutiram e Sidraque, que havia consumido bebida alcoólica, jogou gasolina no corpo da mulher e ateou fogo, enquanto ela dormia. 





Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.