Nova Descoberta Comissário é preso após ameaçar pessoas com arma de fogo Polícia Civil sonega identificação do preso e se limita a confirmar que ele "apresentava sinais de embriaguez".

Publicado em: 14/10/2018 13:41 Atualizado em: 14/10/2018 21:38

Homem causou medo na frente da UPA de Nova Descoberta após colidir com três veículos e sair do carro armado e ameaçando as pessoas. Imagem: Google Street View (Ago2016)
Homem causou medo na frente da UPA de Nova Descoberta após colidir com três veículos e sair do carro armado e ameaçando as pessoas. Imagem: Google Street View (Ago2016)
Apresentando sinais de embriaguez e portando uma arma identificada como uma pistola, um homem de 61 anos provocou tumulto e medo em frente à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Nova Descoberta, na Região Noroeste, na madrugada deste domingo. Segundo informações preliminares, o homem colidiu o veículo que guiava com outros três veículos e depois passou a ameaçar taxistas e outras pessoas que estavam no local, afirmando ser policial, inclusive tendo sacado a arma. 

Diferentemente do tratamento dado a casos semelhantes que não envolvem policiais, o nome, a função e o local de trabalho do homem foram sonegados à Imprensa pela Polícia Civil de Pernambuco (PCPE). Após ser preso, o homem foi encaminhado para a Central de Plantões da Capital (Ceplanc), em Campo Grande, na Região Norte, onde foi autuado em flagrante, mas também não foi informado o motivo da prisão. No local do incidente foi dito que se tratava de um “comissário” da PCPE.

No final da tarde, a PCPE se limitou a informar por nota que “foi autuado em flagrante um policial civil de 61 anos”, alegando que “após colidir o seu veículo, passou a brigar com os outros envolvidos”. O informe confirma que “o autuado apresentava sinais de embriaguez” -sem indicar se isso foi objeto de comprovação- e que “policiais militares conduziram o autuado até a Central de Plantão da Capital” e ele “será encaminhado à audiência de custódia”.

Testemunhos do momento do incidente não indicam “briga”, mas que após colidir o veículo que dirigia com dois táxis e um outro veículo, o homem teria desembarcado com a arma já em punho e passou a ameaçar as pessoas afirmando por diversas vezes ser policial. Preocupadas, algumas pessoas  entrarem na UPA de Nova Descoberta para pedir a intervenção a PMs do 11º Batalhão da Polícia Militar de Pernambuco (PMPE) que estavam de plantão no Posto Policial e acabaram conseguindo efetuar a prisão em flagrante.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.